NOTÍCIAS
14/01/2020 19:11 -03

Governo aumenta salário mínimo em R$ 6 para repor inflação de 2019

Valor passa de R$ 1.039, conforme anunciado anteriormente, para R$ 1.045; Segundo Guedes, elevação afetará despesas da União em R$ 2,3 bilhões adicionais.

Adriano Machado / Reuters
Medida provisória vai elevar o valor do novo salário mínimo de R$ 1.039, conforme anunciado anteriormente, para R$ 1.045.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (14), após sair de uma reunião com o ministro Paulo Guedes no Ministério da Economia, que será editada uma medida provisória para elevar o valor do novo salário mínimo de R$ 1.039, conforme anunciado anteriormente, para R$ 1.045, para repor integralmente a inflação do ano passado.

Guedes defendeu que com a nova MP, que será enviada ao Congresso com este valor, Bolsonaro reafirma seu comprometimento com a preservação do poder de compra do salário mínimo.

Segundo o ministro, a elevação afetará as despesas da União em R$ 2,3 bilhões adicionais, mas o governo já prevê receitas de cerca de R$ 8 bilhões  em outra frente, que ele não detalhou, de maneira que esse impacto será absorvido.

Caso as receitas não apareçam, pode ser que um “contingenciamentozinho” seja necessário, disse Guedes, acrescentando em seguida que esse é um assunto para depois.

Mais cedo, o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, disse que o valor anteriormente fixado para o salário mínimo, de 1.039 reais, havia levado em conta as projeções para o INPC em dezembro. Mas o resultado acabou vindo acima do esperado por conta da alta no preço das carnes.

Cada R$ 1 real a mais no salário mínimo implica elevação de gastos de R$ 355 milhões em 2020, uma vez que o mínimo baliza benefícios como aposentadoria, Benefício de Prestação Continuada (BPC), seguro desemprego e abono salarial.