NOTÍCIAS
15/09/2019 11:50 -03 | Atualizado 15/09/2019 11:55 -03

Cantor Roberto Leal morre aos 67 anos em São Paulo

Conhecido pela música 'Arrebita', artista estava internado havia cinco dias no Hospital Samaritano, em São Paulo.

Reprodução/Twitter
O artista português morava no Brasil desde a infância e ficou popularmente conhecido por músicas que traziam a sonoridade lusitana.

O cantor Roberto Leal, conhecido pela música Arrebita e Bate o Pé, morreu aos 67 anos na madrugada deste domingo (15), em São Paulo. Leal estava internado no Hospital Samaritano há cinco dias; há dois anos, vinha tratando um câncer.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do cantor e pelo Hospital Samaritano. O velório será aberto ao público e acontecerá na segunda-feira (16) na Casa Portugal, na Liberdade, em São Paulo, das 7h às 14h. O enterro será à tarde, no Cemitério de Congonhas.

Segundo a assessoria de imprensa do cantor disse ao G1, Leal estava internado no hospital desde a última terça-feira após ter uma reação alérgica a um medicamento que tomou.

A causa da morte não foi divulgada, mas assessoria do cantor informa que ele teve complicações em decorrência de uma insuficiência renal.

O artista português morava no Brasil desde a infância e ficou popularmente conhecido por músicas que traziam a sonoridade lusitana do fado em canções como Arrebita e Bate o Pé. Há cinco anos, havia lançado álbum de samba.

Em realizada em fevereiro deste ano pela RedeTV!, o cantor, que havia perdido a visão do olho esquerdo, afirmou que tinha planos de lançar uma nova música, chamada Vida que te quero viva, para celebrar tratamentos que vinha fazendo.

“Assim como as folhas de um livro que se vai lendo, um dia uma página é triste, outro dia o sorriso vai nascendo. A gente está sempre aprendendo a existir”, disse.

A morte do cantor foi um dos temas mais comentados no Twitter na manhã deste domingo (15).

O apresentador de TV Gugu Liberato, que apresentou o Domingo Legal, no SBT, durante os anos 90, publicou uma homenagem ao cantor em suas redes sociais. Leal era presença garantida no programa aos domingos.

“Com tristeza registro o falecimento do meu querido amigo Roberto Leal. Meus sentimentos a toda família”, disse Liberato.

O perfil oficial do time de futebol Portuguesa no Twitter também se manifestou sobre a morte do artista. A publicação traz um trecho de uma música do cantor e uma foto de Leal com a camisa do clube esportivo.