LGBT
12/09/2019 03:00 -03

Este clipe mostra que LGBTs podem ser dignos de amor -- e também ter sua própria fé

O cantor e compositor, Trey Person, que é gay, disse que seu vídeo quer levar esperança às pessoas LGBT que lutam para expressar sua fé.

Quando Trey Pearson planejou o videoclipe de sua canção Hey Jesus, ele tinha um único objetivo: “reunir em um só pacote todas as emoções” que sentia como jovem gay em uma família cristã fundamentalista dos Estados Unidos.

“Foi o menor tempo que já levei para escrever uma canção. Depois que ficou pronta, passei horas deitado no chão da sala de casa chorando”, disse ao HuffPost US. Atualmente, ele vive em Ohio. Durante 20 anos, ele foi vocalista da banda de rock cristão Everyday Sunday. “É altamente liberador conseguir escrever e cantar sobre minhas próprias emoções e sexualidade.”

Lançado no final de agosto deste ano, o vídeo de “Hey Jesus”, que pode ser visto acima, mostra Pearson curtindo um momento de ternura na cama com um companheiro. Essas cenas íntimas são entremeadas com imagens de uma drag queen e de um garoto em um campo esportivo que se juntam ele para cantar.

Por mais que os personagens possam se sentir isolados, todos estão unidos na determinação de viver autenticamente como pessoas LGBT que têm fé.

“Muitos adultos LGBT nos Estados Unidos vieram de famílias conservadoras evangélicas ou católicas”, afirmou Pearson. “Eu quis que o vídeo mostrasse um pouco como é crescer com lavagem cerebral, convencido a achar que há algo de errado com você, sendo esse algo uma coisa que afeta tantas pessoas.”

Courtesy of Trey Pearson
"Quando eu finalmente me aceitei, aceitando inclusive minha criatividade, foi como se tivesse sido aberta uma válvula de emoções”, contou Trey Pearson, que, em 2016, falou publicamente sobre sua sexualidade.

Hey Jesus está no primeiro EP solo de Pearson, batizado de Love is Love. (Amor é amor, em tradução para o português). A coletânea de sete canções, que inclui a faixa titular e o single previamente lançado Silver Horizon, representa toda a gama de emoções vividas pelo cantor desde que ele falou publicamente sobre sua sexualidade em carta aberta a seus fãs. Depoimento foi publicado na (614) Magazine.

Mas a trajetória que Pearson seguiu até conseguir viver autenticamente não deixou de ter percalços. Em 2016 ele e seus colegas do Everyday Sunday foram cortados da programação do Joshua Fest, na Califórnia ― um festival de música cristã “para o público familiar” promovido semanas depois de ele “sair do armário”. Mesmo assim, Trey não lamenta o episódio.

“Eu sempre usei minha arte para tentar expressar minhas emoções. Quando eu finalmente me aceitei, aceitando inclusive minha criatividade, foi como se uma válvula de emoções tivesse aberto”, contou. “Tenho tanta coisa sobre a qual escrever desde que me assumi para mim mesmo, neste processo de viver minha jornada e vivenciar tantas partes da vida que eu não tinha vivido antes.”

Espero que haja jovens que sentem que não merecem ser amados e que, quando se deparam com essa canção, descobrem que não estão sós e que são dignos de ser amados exatamente do jeito que são.Trey Pearson, cantor e compositor

Ao mesmo tempo que Hey Jesus está sendo lançado, Pearson está voltando ao estúdio de gravação com planos de lançar músicas novas mais tarde este ano e no início de 2020. Também está trabalhando sobre seu primeiro livro, que descreve como “um livro de memórias de minha jornada à autoaceitação”.

A reação do público ao clipe de Hey Jesus vem sendo quase totalmente positiva até agora. Quanto às pessoas que talvez não sejam imediatamente receptivas à mensagem da canção, Pearson quer acreditar que a canção e o vídeo as leve a “abrir o coração” de uma maneira pequena, mas importante.

“Espero que levem esperança às pessoas”, ele disse. “Espero que haja jovens que sentem que não merecem ser amados e que, quando se deparam com essa canção, descobrem que não estão sós e que são dignos de ser amados exatamente do jeito que são.”

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.