COMPORTAMENTO
03/02/2019 02:00 -02

As 9 melhores raças de cachorro para crianças

Escolha do pet ideal passa por muitas variáveis, desde o tipo de moradia até os hábitos e necessidades diários.

Quais as melhores raças de cachorros para quem tem crianças pequenas em casa? Essa é uma pergunta que atormenta muitos papais e mamães que adoram os peludinhos, mas temem em colocá-los em contato com os filhos ainda pequenos.

A escolha da raça ideal de um cachorro para quem tem crianças em casa envolvem muitas variáveis, que englobam desde o tipo de moradia da família (casa ou apartamento) até os seus hábitos e necessidades diários.

“Se você e seus filhos são do tipo mais caseiro, algumas raças, apesar de dóceis e brincalhonas, não são indicadas, pois precisam gastar muita energia e, portanto, exigirão um bom tempo em atividades fora de casa”, explica a veterinária Elaine Brenna.

A profissional elencou outros fatores que devem ser levados em conta na hora da escolha do bicho de estimação que fará companhia às crianças, como o tamanho final do animal e a forma como ele foi criada no canil.

Uma dica fundamental para quem pensa em introduzir um membro de quatro patas na família serve para qualquer que seja a raça escolhida. “Os cães e as crianças jamais devem ser deixados sozinhos, sem supervisão. É seu dever deixar o bebê a salvo do cão, mas também o cão a salvo do seu bebê. Faça seu cão respeitar seu filho e seu filho respeitar seu cão. Seguindo isso, a convivência certamente será cheia de harmonia e amor”.

A seguir, as raças de cachorro que se dão melhor com as crianças:

Beagle

Constantinis via Getty Images
Beagles adoram brincar com os adultos.

Descritos como cães “ativos e protetores”, os beagles são ideais para quem não dispensa farras e brincadeiras. Os passeios diários, no entanto, são obrigatórios — a menos que você não se importe em ver seus sapatos preferidos mastigados ao acordar.

Buldogue Inglês

LWA via Getty Images
Buldogue inglês é calmo e afetivo com as crianças.

Na maioria das vezes, os cães da raça buldogue inglês são calmos, dóceis e afetuosos com as crianças. O forte instinto de proteção, aliado ao seu porte, no entanto, pode acabar causando problemas se ele não for treinado para ter disciplina perto dos pequeninos.

Collie

GlobalP via Getty Images
Collie é fácil de ser treinado e costuma ser obediente.

Sonho de qualquer criança dos anos 80 que assistia aos episódios de Lassie, os cães da raça Collie continuam em alta para quem procura uma raça dedicada a amar incondicionalmente os pequeninos.

Os cães da raça Collie são fáceis de serem treinados, obedientes, educados e muito brincalhões. Eles têm ainda um forte senso familiar e, por serem destinados ao pastoreio, têm clara noção de propriedade. Isso os torna excepcionais cães de guarda para seus filhos.

Labrador

Ryan McVay via Getty Images
Labrador é sociável, inteligente e bem arteiro.

Quem leu ou assistiu Marley & Eu certamente se apaixonou pelo cão protagonista da obra, um lindíssimo labrador retriever. A raça, apesar de extremamente arteira, como ficou bastante claro no filme, é uma das mais indicadas para as crianças.

Sociáveis, inteligentes e confiáveis, os cães da raça costumam se dar melhor em espaços mais amplos — sinal amarelo para quem mora em apartamento e sonha com um peludão igual ao do filme.

Extremamente paciente, dócil e carinhoso, tem tudo para ser o melhor amigo do seu filho, principalmente se ele, assim como o cãozinho, tiver energia para brincar sem parar 24 horas por dia.

Golden Retriever

skynesher via Getty Images
Golden retriever é brincalhão, amoroso e bagunceiro.

Os cães da raça Golden Retriever são bastante parecidos com seus “primos” labradores. Adoram brincar, são amorosos e apaixonados por seus donos. No entanto, precisam de muita disciplina para não transformar a casa em uma verdadeira bagunça.

Pug

Alexandr Zhenzhirov via Getty Images
Pug não precisa de atividades físicas prolongadas.

Mais um cãozinho que tem história no cinema e ficou ainda mais famoso após aparecer no filme Homens de Preto. A raça pug tem como principais características não latir muito e não precisar de atividades físicas prolongadas, fatores que a tornam ideal para quem mora em apartamento.

A raça é conhecida por ser calma e dócil, mas também um pouco teimosa. Se for bem treinada, no entanto, pode dar ao seu filho, por mais novo que seja, a companhia que ele precisa para se desenvolver sempre feliz.

Shih Tzu

Sasiistock via Getty Images
O shih tzu é doce, flexível, mas muito frágil.

Apesar de serem extremamente dóceis e adaptáveis a novas companhias — humanas ou animais —, os cães da raça Shih Tzu exigem uma certa atenção para quem tem a intenção de deixá-los perto de crianças pequenas.

Por terem uma estrutura bastante frágil, os Shih Tzus podem ser facilmente machucados em brincadeiras mais brutas, típicas de crianças mais novas, que ainda não controlam bem a sua força.

Nada, no entanto, que a constante vigilância dos pais ou responsáveis não consiga evitar. Por ser um cãozinho carente, precisa de muita atenção, algo que sua criança certamente dará em horas e mais horas de brincadeiras.

Poodle

Lisa5201 via Getty Images
Poodle não costuma soltar pelo.

Exceção feita aos toys (poodles de tamanho menor), os cães da raça poodle são bastante recomendados para famílias com crianças, até mesmo as que sofrem de alergia, já que os poodles não costumam soltar pelos. Os animaizinhos dessa raça são gentis, inteligentes e adoram brincar.

Vira-lata

Capuski via Getty Images
Vira-lata costuma ser fiel e carinhoso.

Os famosos SRDs (sem raça definida) também são excelentes companhias para crianças, se socializados desde filhotes ao lado delas. Extremamente fiéis, os populares vira-latas costumam se tornar amigos e, literalmente, cães de guarda de quem os trata com carinho e respeito.