13/11/2019 18:31 -03 | Atualizado 13/11/2019 18:31 -03

Responda se for capaz: qual a diferença entre publicidade e propaganda?

Entenda os significados e confira as oportunidades disponíveis para os profissionais

Unsplash
Entenda os significados e confira as oportunidades disponíveis para os profissionais

Quem surgiu primeiro: o ovo ou a galinha? Tostines vende mais porque é fresquinha ou é fresquinha porque vende mais? Como a palavra grande é maior que pequeno? Por que a laranja se chama laranja e limão não se chama verde? Difícil responder a essas perguntas, não é mesmo? Assim como elas, outras tantas questões deixam a sociedade há séculos com a pulga atrás da orelha. Ou fazem a gente dar muita risada mesmo. Mas, brincadeiras à parte, ainda hoje há estudantes que, em pleno processo de escolha da futura profissão, não sabem qual a diferença entre publicidade e propaganda. E como o tradicional curso de Comunicação Social une os dois conceitos, não são poucos os jovens que ficam com um nó na cabeça. Para achar uma resposta ao menos a essa pergunta, o Centro Universitário Senac traz agora o caminho das pedras.

Sem perda de tempo, vamos às definições. Publicidade é a comunicação que permite o anúncio de produtos ou serviços. Tem um objetivo claro: atrair consumidores, dentro do conceito comercial de mercado. É focada na transmissão de uma mensagem que mostra às pessoas o quanto um determinado item poderá mudar a vida delas para melhor. Captou a mensagem?

Então se liga no que é Propaganda. Esta ação da comunicação consiste em influenciar a atitude das pessoas. Parece a mesma coisa, mas não é. Afinal, nem sempre este conceito traz a necessidade de se vender um serviço ou produto. Existe a propaganda comercial, claro, mas também a modalidade política, a ideológica e por aí vai. Detalhe: esta última, em geral, é gratuita.

Mercado

Esclarecemos a questão? Pois bem. Agora que você já sabe as diferenças, hora de entender como este mercado não para de crescer no Brasil, tornando-se um caminho para lá de viável a quem ainda não sabe que rumo dar à carreira. No estudo Retrospectiva e Perspectivas, da Kantar Ibope, constatou-se que, em 2018, o mercado publicitário nacional teve um aumento de 36% no número de anunciantes, com 54 mil marcas fazendo algum tipo de propaganda de olho no consumidor. O mercado de TV concentrou 71% dos investimentos no setor. E a internet? Calma lá!

Um outro levantamento relativo a 2018, divulgado pelo Conselho Executivo de Negócios-Padrão (Cenp), entidade que reúne principais anunciantes, veículos e agências do País, mostra a internet logo atrás da TV nessa comparação e com ampla possibilidade de crescimento. Afinal de contas, está cada vez mais difícil desgrudarmos de nossos smartphones, com tanta facilidade que eles nos oferecem no dia a dia, não é mesmo?

Essa é uma ótima notícia a quem ainda teme se jogar no setor. Com o avanço das redes sociais e das plataformas digitais, a publicidade ficou mais democrática. Quem não possui fôlego financeiro suficiente para comprar espaços na TV, por exemplo, pode ir atrás do público no Instagram, Facebook ou YouTube. Vertentes que exigem um profissional cada vez mais antenado ao que rola no mercado.

A quem opta pela área, é necessário ter uma leitura aprofundada do ramo econômico em que pretende atuar, entender a realidade que lhe é apresentada e, a partir disso, tomar as melhores decisões para a elaboração de uma campanha publicitária. Parece algo simples, mas muita gente acaba se perdendo justamente nesse meio do caminho, o que acaba dificultando a comunicação com o consumidor e, por vezes, afundando boas ideias. É fundamental se preparar.

Serviço

A variedade de funções é tão grande que um formado em Publicidade e Propaganda pode trabalhar com atendimento ao cliente, direção de arte, mídia, planejamento, redação de peças publicitárias e muito mais. No Centro Universitário Senac, o aluno é estimulado desde o primeiro dia de aula a participar de projetos criativos de comunicação, experimentando fórmulas, aprendendo as técnicas consagradas e criando know-how para trabalhar em agências, empresas e onde mais sua mão de obra e criatividade forem necessárias.

São quatro anos de curso, com aulas no campus Santo Amaro, em São Paulo, e a chance de lidar com uma estrutura tecnológica de ponta, com laboratórios modernos, palestras com profissionais do mercado e a agência de conteúdo experimental Senac em Movimento. Sem dúvida, vida universitária é no Centro Universitário Senac.