Estes problemas de pele podem indicar infecção pelo coronavírus

Dos “pés de covid” em adultos a irritações de pele em crianças, o coronavírus pode causar diversos sintomas de pele.

Urticária, inchaço, manchas e descoloração dos dedos dos pés – conforme os médicos aprendem mais sobre o coronavírus, começam a surgir relatos de que certo pacientes com covid-19 apresentam diferentes tipos de erupções cutâneas. Os “pés de covid” são reais e não são os únicos problemas de pele que podem estar relacionados à doença, e as erupções cutâneas podem aparecer mesmo depois de a infecção pelo coronavírus ter desaparecido.

James Bradley, cirurgião plástico na Northwell Health, trabalha diretamente com pacientes com covid que foram internados. Ele viu diversos sintomas, geralmente em uma área específica do corpo.

“Vimos quase uma enorme erupção cutânea no tronco. Também vi uma criança de 6 anos com uma irritação que contornava a barriga e as costas”, disse ele. “É uma irritação rosada, ressecada e que causa coceira. Em outros pacientes, eram mais inchaços pequenos e vermelhos, que vimos principalmente em pacientes internados com infecções mais graves. É difícil saber se isso é uma manifestação do vírus ou uma resposta imune.”

O dermatologista Harold Lancer disse é preciso estar atento a vários possíveis problemas de pele.

“O que vemos nos pacientes com covid-19 é muito diverso”, afirmou Lancer ao HuffPost. “Erupções cutâneas que lembram uma colmeia, com coceira ou não, são as mais comuns. Manchas vermelhas e migratórias também foram observadas, juntamente com áreas que parecem eczemas inflamados, dermatite seborreica ou dermatite perioral.”

Os médicos acreditam que os dedos de covid ― manchas vermelhas ou até mesmo uma aparência de hipotermia ― podem ser resultado de inflamação dos vasos sanguíneos pelo vírus. Os dedos das mãos e dos pés têm vasos muito pequenos e, portanto, correm mais riscos.

“Muitas manifestações cutâneas indicam o que está acontecendo internamente com os órgãos, e os dedos das mãos e dos pés estão relacionados a trombose e a problemas no interior dos vasos sanguíneos”, disse Bradley. “Quando os dedos estão azulados ou avermelhados, é trombose ou dano aos vasos.”

A covid-19 não é a primeira doença a causar erupções cutâneas – varicela e sarampo são dois exemplos. Mas, diferentemente dessas doenças virais, nem todas as pessoas infectadas pelo coronavírus apresentarão sinais na pele.

“Estudos realizados na Itália e na China sugerem que de 2% a 20% dos doentes têm sintomas de pele”, disse Jessica Cataldi, especialista em doenças infecciosas do Children’s Hospital Colorado. “A maioria das pessoas com covid não terá erupções cutâneas.”

Notícias que circularam no começo de maio indicam que as crianças também apresentavam erupções cutâneas, parte de um novo problema: elas aparentemente estão desenvolvendo a doença de Kawasaki, que causa inflamação nos vasos sanguíneos e erupção cutânea, durante ou após uma infecção pelo coronavírus.

“Na pele, a inflamação dos vasos sanguíneos pode aparecer como uma coloração rosa ou avermelhada ou então ter um aspecto mais pálido e esbranquiçado”, disse Lancer sobre os sintomas observados em crianças. “Mas é uma inflamação dos vasos sanguíneos e talvez uma inflamação dos nervos. Não se sabe se as crianças têm maior probabilidade de apresentar erupções cutâneas do que os adultos.”

Embora todas essas observações exijam mais pesquisas, os médicos concordam que erupções cutâneas relacionada à covid podem se manifestar em pessoas que não tenha outros sintomas. Se isso significa que o organismo não foi muito afetado – ou já passou venceu o vírus ―, depende do indivíduo.

Os médicos dizem que os problemas de pele relacionados à covid podem parecer psoríase ou urticária.
Os médicos dizem que os problemas de pele relacionados à covid podem parecer psoríase ou urticária.

“Um artigo foi publicado na Espanha com mais de 300 pacientes, e em pacientes com lesões nos dedos das mãos ou dos pés. Menos da metade tinha teste positivo para covid. No caso das outras erupções cutâneas que mencionei, muitas delas estavam diretamente relacionadas com o vírus”, disse Cataldi. “O que nos perguntamos é, se no caso dos dedos, será que isso acontece depois de o corpo se livrar da infecção viral, indicando uma resposta do organismo? Os dedos de covid, em particular, parecem ser observados em pessoas que podem não apresentar muitos outros sintomas.”

“Vimos pacientes com apenas erupções cutânea e mal-estar cujos testes deram positivo para covid. Pode ser um dos sintomas quando você não tem os outros”, explicou Bradley.

Se você notar erupções cutâneas ou alterações incomuns na pele, Cataldi disse que vale a pena ligar para o seu médico. Um profissional médico pode aconselhar sobre o melhor tratamento determinar se é o caso de fazer o teste do coronavírus.

“Se é algo novo, diferente ou que você nunca teve antes, ligue para o seu médico”, disse ela. “Muitos deles estão atendendo à distância e podem olhar os sintomas. E lembre se você começou a tomar algum remédio novo ou usando algum tipo de produto diferente na pele.”