OPINIÃO
14/11/2019 09:59 -03 | Atualizado 14/11/2019 09:59 -03

APCA divulga os indicados aos melhores da Televisão em 2019

A novela "Bom Sucesso" e as séries "Sob Pressão" e "Segunda Chamada" estão entre os que receberam mais indicações.

TV Globo/Paulo Belote/Maurício Fidalgo/Raquel Cunha
Grazi Massafera, Julio Andrade e Débora Bloch.

Os membros da APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte (da qual este colunista faz parte) – definiram os cinco finalistas aos melhores de 2019 na Televisão para cada uma de sete categorias.

Neste ano, como nos últimos, as atrizes se destacaram, com muitas mulheres merecedoras de figurar entre as finalistas. Lamento por Fernanda Torres, Glórias Pires, Elizabeth Savalla e Cecília Homem de Mello terem ficado de fora.

Também foi um ano de excelentes séries, tanto na TV aberta, quanto na fechada e no streaming. É o terceiro ano consecutivo que Sob Pressão e dois atores da série (Júlio Andrade e Marjorie Estiano) concorrem ao prêmio: foi eleita a melhor série em 2017 (pela primeira temporada), Júlio Andrade foi o melhor ator em 2017, e Marjorie Estiano, a melhor atriz em 2018. 

Uma curiosidade envolve a categoria novela: uma das maiores audiências da TV dos últimos anos, A Dona do Pedaço está fora. Um exemplo de que audiência e qualidade nem sempre andam juntos.

Os membros da APCA se reunirão em dezembro para votar o melhor de cada categoria. Os vencedores receberão o Troféu APCA na cerimônia da 63ª edição da premiação, no primeiro semestre de 2020. Veja os cinco finalistas. 

Atriz

Divulgação/Montagem

Débora Bloch (Segunda Chamada)

Fabiula Nascimento (Sessão de Terapia)

Grazi Massafera (Bom Sucesso)

Maria Casadevaal (Coisa Mais Linda)

Marjorie Estiano (Sob Pressão)

Ator

Divulgação/Montagem

Antônio Fagundes (Bom Sucesso)

Flávio Migliaccio (Órfãos da Terra)

Herson Capri (Órfãos da Terra)

Júlio Andrade (Sob Pressão)

Silvio Guidane (A Divisão)

Novela

Divulgação/Montagem

Bom Sucesso, de Rosana Svartman e Paulo Halm (Globo)

Éramos Seis, de Ângela Chaves (Globo)

Espelho da Vida, de Elizabeth Jhin (Globo)

Órfãos da Terra, de Duca Rachid e Thelma Guedes (Globo)

Topíssima, de Cristianne Fridman (Record TV)

Série/Minissérie

Divulgação/Montagem

A Divisão (Globoplay/AfroReggae/Hungry Man)

Coisa Mais Linda (Netflix)

Filhos da Pátria (Globo)

Segunda Chamada (Globo/O2 Filmes)

Sob Pressão (Globo/Conspiração Filmes)

Diretor

Divulgação/Montagem

Andrucha Waddington (Sob Pressão)

Carlos Araújo (Éramos Seis)

Joana Jabace (Segunda Chamada)

José Eduardo Belmonte (Carcereiros)

Vicente Amorim (A Divisão)

Programa de TV

Divulgação/Montagem

Cultura, o Musical (TV Cultura)

Pesadelo na Cozinha (Band)

Provocações (TV Cultura)

Que História É Essa Porchat? (GNT)

Zorra (Globo)

Programa jornalístico

Divulgação/Montagem

Conexão Repórter (SBT)

Painel WW (William Waack no YouTube)

Profissão Repórter (Globo)

Roda Viva (TV Cultura)

Segunda Chamada (Canal My News no YouTube)

Votaram: Cristina Padiglione, Edianez Parente, Fabio Maksymczuk, Flavio Ricco, Leão Lobo, Neuber Fischer, Nilson Xavier e Paulo Gustavo Pereira. 

Além de premiar os melhores do ano na Televisão, a APCA também elege os melhores em Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Dança, Literatura, Música Erudita, Música Popular, Rádio, Teatro e Teatro Infantil. A APCA originou-se da ABCT, a Associação Brasileira de Críticos de Teatro, criada em 1951. Em 1956, de ABCT passou a APCT: Associação Paulista de Críticos de Teatro. Só em 1972, a entidade deixou de premiar apenas o Teatro e estendeu-se a outras áreas artísticas – já como APCA. Portanto, os melhores da Televisão são eleitos desde 1972.