ENTRETENIMENTO
08/03/2020 10:55 -03

Além da Netflix: Conheça 8 plataformas (ou canais) de streaming menos populares

São serviços que apostam em clássicos, cults, terror, produções ligadas a comunidade negra ou filmes de temática LGBTQ+.

As plataformas de streaming já estão tão inseridas na vida do brasileiro que muita gente já dispensou as caras mensalidades de TV a cabo e assiste toda a sua programação de séries, filmes e reality shows por esse tipo de serviço.

Netflix, Amazon Prime Video, HBO GO, Globoplay, Apple TV+, Now/Claro Vídeo, Telecine Play, Fox Premium... A variedade de plataformas só cresce no País. E nem estamos falando uma gigante que ainda nem chegou por aqui, a Disney com o seu serviço Disney+, que tem tudo para rivalizar com a popular Netflix na briga pela liderança desse mercado.

No entanto, mesmo com todos esses players poderosos, o universo das plataformas de streaming continua se expandido para além da fronteira do consumidor médio, com plataformas menores e focada em nichos que lutam por um lugar ao sol nessa selvagem seleção natural pelos corações (e bolsos) do consumidor brasileiro.

Serviços que apostam em clássicos, cults, em obras de terror ou produções ligadas a comunidade negra, não faltam opções para quem quer experimentar algo fora do circuito que já conhecemos tão bem.

Veja aqui 8 dessas plataformas (ou canais) de streaming fora do eixo:

Mubi

Reprodução

O único gringo da lista (e o mais caro também), o Mubié para quem realmente quer experimentar filmes diferentes porque, além de alguns clássicos, a plataforma oferece produções independentes. Sabe aquele cult polonês da década de 1960? É bem por aí. O serviço, que custa R$ 27,90 por mês (com teste de 7 dias grátis) reúne uma biblioteca de 30 filmes que são renovados a cada mês. Ou seja, o catálogo é rotativo. Um formato para quem confia na curadoria da plataforma.

Belas Artes À La Carte 

Reprodução

Com uma pegada parecida com a do Mubi, mas sem uma biblioteca tão rotativa e com bons títulos brasileiros, o Belas Artes À La Carte funciona também como um canal dentro de uma outra plataforma, o Looke. A assinatura mensal sai por R$ 9,90 ou R$ 4,90 por locação de filme. Entre os títulos, há clássicos e cults europeus, americanos, latinos, asiáticos e brasileiros. 

Darkflix

Divulgação

Conhecido como a Netflix do terror, o Darkflix, obviamente, foca seu catálogo nesse gênero. Com o slogan “assista se tiver coragem”, a plataforma estreou com uma biblioteca de sugestivos 666 filmes, mas hoje já passa de 1000 títulos que vão de clássicos a obras bem underground de horror, fantasia e ficção científica que só um fã hardcore de gênero conhece. O serviço custa R$ 9,90 por mês, com 7 dias grátis para degustar.

Spcine Play

Reprodução

Sem grana? Então a Spcine Play é uma bela opção. Única plataforma de streaming pública do Brasil, o serviço oferece, totalmente grátis. No catálogo, filmes das principais mostras e festivais de cinema de São Paulo, como a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o festival de documentários musicais In-Edit, entre outros.

Afroflix 

Reprodução

Outra opção gratuita é a Afroflix, uma plataforma colaborativa que traz em seu catálogo filmes, séries, programas, vlogs e clipes que são produzidos, escritos, dirigidos ou protagonizados por pessoas negras. Até agora, a biblioteca possui apenas produções brasileiras. O único problema é que o serviço funciona apenas em computadores, smartphones e tablets.

Filme Filme

Reprodução

Super recente, a Filme Filme foi lançada oficialmente nesta quinta (5). A programação da plataforma é renovada a cada semana e não há assinatura mensal, apenas aluguel de filmes, que saem por R$ 6 cada. A biblioteca de filmes é dividida em três categorias: Filmes de Festivais, com títulos que passaram pelos principais eventos cinematográficos do mundo, Documentários e Populares, que inclui títulos que fizeram sucesso em diferentes cantos do mundo.

Oldflix

Reprodução

O Oldflix traz de tudo um pouco. Filmes e séries dos mais clássicos ao nível DVD de banca de jornal. Por conta disso, tem um dos catálogos mais variados (e curiosos) do mercado. E tudo isso por R$ 12,90 por mês (com 7 dias grátis de lambuja). O ponto fraco é que você só consegue assistir aos filmes e séries na TV se tiver um chromecast.

Canal LGBTQ+ do Now

Reprodução

NOW, plataforma de vídeo on demand da Claro, não se encaixaria muito nessa lista, mas o fato de ter um canal exclusivo de filmes de temática LGBTQ+ com um ótimo catálogo o qualifica para tal. Com séries, filmes e curtas, o streaming recebe, mensalmente, novos conteúdos e promete somar, até o final de 2020, 30 títulos do gênero inéditos no Brasil. O serviço da Claro Vídeo/Now sai por R$ 19,90 por mês.