Comportamento

Cuidados com a pele: A ordem correta para aplicar os produtos

Agora que você comprou todos os produtos essenciais para o seu tipo de pele, existe uma ordem certa para aplicar todos eles?

Você tem todos os ingredientes para a rotina perfeita de cuidados com a pele: sérum, óleos, hidratantes, produtos de limpeza, esfoliantes, ácidos e máscaras.

Agora que você comprou todos os produtos essenciais para o seu tipo de pele, existe uma ordem certa para aplicar todos eles? Perguntamos aos especialistas.

A ordem de aplicação é importante?

“A maneira como o cuidado com a pele é aplicado [no seu rosto] é importante”, disse Shereene Idriss, dermatologista cosmética certificada pelo conselho da Union Derm em Nova York e instrutora clínica de dermatologia na Icahn School of Medicine.

Você pode ter ouvido pessoas recomendando “mais fino para mais grosso” em termos de texturas, e isso não é um mito. “Você sempre deve aplicar o produto do mais fino ao mais grosso, para obter o máximo de eficácia de cada um”, disse Idriss ao HuffPost.

O mais importante é você aplicá-los em camadas para atender ao tipo de pele e direcionar os objetivos específicos, disse Kate Herr, esteticista clínica.

“De manhã, colocamos produtos que evitarão danos e protegerão a pele do meio ambiente e da poluição”, explicou. “À noite, nós cobrimos mais. Para quem sofre de acne, no entanto, precisamos ter como alvo essas coisas pela manhã e durante o dia para ajudar na correção da pele. Prevenção, proteção e correção é o que eu prescrevo para meus clientes.”

Pamela Marshall, esteticista, concorda que as camadas são importantes, mas disse que não é só isso.

“Os produtos para cuidados com a pele comprados em lojas de beleza são considerados cosméticos, e isso significa que suas formulações não podem passar pela camada morta externa da pele, nosso estrato córneo”, disse Marshall ao HuffPost.

“Eles têm muito pouca eficácia na alteração da função da nossa pele. Tendo isso em mente, ao usar produtos manipulados para a a pele (usando ingredientes de baixo peso molecular formulados com pH mais baixo), temos a capacidade de criar alterações funcionais. Se estivermos usando esses tipos de produtos, tudo o que precisamos fazer é limpar, hidratar e proteger se for de dia”.

Veja um exemplo de como deve ser uma rotina

Veja como construir adequadamente sua rotina para manhã e noite. Tendo em mente que as necessidades de cuidados com a pele de todos são diferentes, essas são diretrizes gerais. Consulte seu dermatologista se você tiver dúvidas sobre suas necessidades específicas.

Uma rotina típica da manhã

  1. Sabonete ou gel de limpeza
  2. Mists ou águas termais
  3. Sérum
  4. Hidratante
  5. Protetor solar

Uma rotina noturna típica

  1. Sabonete ou gel de limpeza
  2. Mists ou águas termais
  3. Ácidos, tônicos ou esfoliante químico
  4. Retinol, se estiver usando (mas não na mesma noite que um ácido)
  5. Sérum
  6. Hidratante ou óleo

Os produtos e como usá-los

Limpeza

Kerr recomenda sempre dobrar a limpeza, começando com um limpador à base de gel para a pele oleosa ou normal e um limpador suave e hidratante para uma pele mais seca e, em seguida, incorporando um limpador à base de ácido em sua rotina. “Limpe diariamente com um limpador à base de ácido. Isso ajuda a aumentar a velocidade com que as células se recuperam e remove as células mortas da pele ”, disse ela. De manhã, Kerr recomenda um limpador leve, que também será usado na sua segunda limpeza à noite.

Mists ou águas termais

Os mist nem sempre são mencionados como essenciais na rotina de uma pessoa, mas os estudos descobriram que uma camada fina de água pode ajudar na perda de umidade em situações que incluem salas com ar-condicionado que secam a pele. Rhea Cartwright, esteticista e instrutora de cuidados com a pele, disse que é legal procurar produtos com o ácido hialurônico, glicerina ou aloe vera para que sejam hidratantes.

Tônicos, ácidoss ou esfoliantes químicos

Ácidos, esfoliantes químicos e tônicos devem ser usados ​​diretamente após a limpeza como a etapa de “preparação”, disse Kerr. “As compressas ácidas ajudam a estimular a renovação da pele e preparam a pele para receber outros ingredientes. Para alguém que está começando com ácidos, eu recomendaria ácido lático para aqueles sem problemas graves de pele. ”

Os esfoliantes químicos podem ser líquidos ou em forma de esponjas e são separados em alfa-hidroxiácidos (AHA), beta-hidroxiácidos (BHA) e poli-hidroxiácidos derivados de enzimas de frutas (PHA). Marshall recomenda PHAs para todos, pois eles são mais gentis.

Os tônicos são usados ​​para preparar a pele para as próximas etapas, bem como equilibrar o pH da pele. Encontre um adequado para o seu tipo de pele. Mas se você sofre de uma condição como a rosácea, evite tônicos, pois eles irritam a pele.

Estudos descobriram que os toners são benéficos para outras doenças da pele, como a acne. “Os toners são essenciais, mas precisamos descartar a idéia dos toners à base de álcool da velha escola que nos ensinaram a remover os últimos vestígios de maquiagem”, disse Cartwright.

Retinol

A vitamina A, ou retinóides, é o ingrediente número um que os especialistas recomendam para combater o envelhecimento, a descoloração e a acne. Os subprodutos da vitamina A podem estar disponíveis em muitas formas diferentes, geralmente em gel ou creme. O retinol está na categoria mais ampla de retinóides / vitamina A.

Kerr disse: “Isso ajuda a estimular uma grande porcentagem das diferentes células da pele a se comportar como versões mais frescas, saudáveis ​​e jovens de si mesmas. Isso não apenas melhora a produção de colágeno e ácido hialurônico, mas também acelera a renovação celular para melhorar a função da pele, hidratação e suavizar e clarear. ”

Sérum

“Os séruns de gel [e água] precisam de mais um tempo de absorção, pois possuem grandes moléculas que demoram mais para penetrar na pele”, disse Kerr. “Então você coloca seus produtos e ingredientes de penetração rápida primeiro e depois coloca os que demoram mais por cima, para que eles possam penetrar na pele conforme necessário. A regra geral é da mais leve à mais espessa. ”

Hidratantes e óleos

Os hidratantes tendem a ser mais espessos e serão usados ​​como a última etapa de sua rotina, pois os produtos precisam ser estratificados de mais fino a mais espesso, conforme mencionado.

“Um hidratante bem formulado exigirá apenas uma quantidade do tamanho de uma ervilha na palma da mão. A espessura não equivale a eficácia, nem o uso excessivo. Se uma formulação vai funcionar, ela será capaz de fazê-lo sem ser extraordinariamente pesada”, sugere Marshall.

A Mahto recomenda óleos faciais para pessoas com pele seca ou muito seca, portanto, optar por usar um óleo depende do seu tipo de pele.

Protetor solar

Um filtro solar de amplo espectro sempre deve ser aplicado por último, todos os dias, inverno ou verão. Marshall recomenda um FPS 30 ou FPS 50: “O UVA [Ultra Violet A, o comprimento de onda mais forte] sai todos os dias, por isso é importante proteger a pele, independentemente do clima. Eu sempre recomendo colocar um tamanho de ervilha em cada seção do seu rosto e depois espalhá-lo. ”

Construir sua rotina de cuidados com a pele tem que ser devagar e com cuidado. Conheça sua pele em primeiro lugar e entenda o que você precisa.

Lembre-se de que as marcas precisam vender seus produtos, mas use seu bom senso sobre o que realmente pode funcionar para você. Só porque algo está na moda não significa que você precise usá-lo.

Lave o rosto adequadamente, não esfolie demais e use protetor diariamente!

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.