NOTÍCIAS
11/10/2020 16:49 -03 | Atualizado 11/10/2020 16:53 -03

Padre Júlio Lancellotti 'é mensageiro de Deus', diz Papa Francisco

Pontífice confirmou ter ligado para o religioso no Brasil neste fim de semana.

O papa Francisco confirmou ter ligado para o padre Júlio Lancellotti neste sábado (10) e ressaltou que o religioso é um verdadeiro “mensageiro de Deus”.

“Ontem à noite, consegui ligar para um padre italiano idoso, missionário da juventude no Brasil, mas sempre trabalhando com os excluídos, com os pobres”, lembrou o Pontífice.

Lancellotti é vigário episcopal para a Pastoral do Povo da Rua, da Arquidiocese de São Paulo, e realiza trabalhos sociais para ajudar moradores de rua há 36 anos. Nos últimos meses, ele tem se dedicado para diminuir o impacto do novo coronavírus entre a população mais vulnerável.

″[Ele] vive aquela velhice em paz: consumiu a sua vida com os pobres. Esta é a nossa Mãe Igreja, este é o mensageiro de Deus, que vai até às encruzilhadas das estradas”, afirmou.

Francisco ainda ressaltou que seguir esse caminho impõe uma condição: usar uma veste nupcial, que simboliza a misericórdia que Deus nos dá gratuitamente, isto é, a graça”. 

“Sem graça não se pode dar um passo em frente na vida cristã. Tudo é graça. Não basta aceitar o convite ao seguimento do Senhor, é necessário estar disponível para um caminho de conversão, que muda o coração”, explicou o Santo Padre.

A ligação do papa

Neste sábado (10), Francisco telefonou para Lancellotti para manifestar sua proximidade à população em situação de rua nesse período de pandemia do novo coronavírus.

View this post on Instagram

Atenção

A post shared by Padre Julio Lancellotti (@padrejulio.lancellotti) on

Na conversa, o argentino expressou sua simplicidade após ter visto as fotos da campanha realizada para os vulneráveis. Recentemente, o padre foi alvo de ameaças depois que o deputado estadual Arthur do Val, conhecido por “Mamãe Falei”, iniciar uma campanha de difamação contra Lancellotti. 

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost