ENTRETENIMENTO
13/01/2019 01:00 -02 | Atualizado 13/01/2019 09:01 -02

Os países fakes das comédias românticas: Um guia político menos cansativo

Bem-vindo à Genóvia. E à Aldóvia. E à Belgrávia, Maldévia e Baltânia.

Getty/Alamy/Netflix

Menino conhece menina. Eles se apaixonam. Menino na verdade é o herdeiro do trono de um minúsculo principado europeu. Depois de alguns percalços, a menina se torna princesa. Eles vivem felizes para sempre... em Aldévia. Ou Belgrávia. Ou Caldônia. Ou Calpúrnia. É uma linda história de amor.

A fantasia da princesa não perde o encanto, mesmo depois de séculos de contos de fadas e comédias românticas. Histórias de amor que envolvem a realeza são tão antigas como Davi perseguindo Bathsheba.

Como os americanos vivem numa república plutocrática, não numa monarquia, os criadores das comédias românticas de Hollywood têm de fazer uma escolha: ou tiram a coroa da cabeça dos protagonistas e contam uma história romântica entre civis (como Sabrina, com Audrey Hepburn, por exemplo), ou então mandam a história para outro lugar (como Um Príncipe em Minha Vida, com Julia Stiles). Muitas vezes, é literalmente “outro lugar”.

Por que prender-se à história e à cultura de um país real, como a Dinamarca de Um Príncipe em Minha Vida, se dá para simplesmente inventar tudo?

Foi assim que acabamos conhecendo a linda Genóvia (O Diário da Princesa), onde as pêras abundam e o sol brilha o ano inteiro, e a menos conhecida Belgrávia (A Princesa e a Plebeia), famosa por sua competição natalina de quem faz o melhor bolo.

Dee Mackey/HuffPost
Tantas pequenas nações europeias com monarcas solitários procurando por um amor.

Essas minúsculas, porém incríveis, nações europeias – e elas sempre estão na Europa – têm traços em comum: populações brancas e de sotaque vagamente britânico, um animado espírito natalino, uma princesa corajosa e reis ou príncipes herdeiros solteiros e disponíveis, sempre prontos para casar com alguma turista americana. (Existem exceções. Em Genóvia e Montsaurai, as princesas se apaixonam por plebeus americanos.)

Mas as dúvidas permanecem: onde ficam esses países? Que papel têm seus monarcas? Por que as mais belas vistas desses lugares são tão parecidas... e lembram tanto a Romênia? (Alerta de spoiler: incentivos fiscais!)

Para descobrir as respostas, decidimos fazer uma pesquisa extensiva (ou seja, passar duas semanas assistindo ao máximo de comédias românticas que envolvem realeza para tentar extrapolar informações sobre os países onde elas se passam.) A seguir, uma jornada abrangente (pelo menos até onde durou nossa empolgação com os filmes) pelos principados fictícios das comédias românticas que você ama odiar:

 

Genóvia (O Diário da Princesa)

Localização: Segundo o site de turismo do principado (sim, existe um site!), Genóvia é um país de menos de 2 quilômetros, “cheio de praias de areia branca, águas cor de turquesa e céus ensolarados”. Genóvia fica encravada na costa entre e França e a Espanha.

Língua: Inglês britânico, às vezes falado com sotaque britânico, às vezes com um sotaque que mais parece italiano.

Clima: Cerca de 24 graus o ano inteiro.

Monarcas reinantes: Rainha Clarice Renaldi, sucedida por Amelia Mignonette Thermopolis Renaldi, uma princesa que tem uma semelhança suspeita com a atriz americana Anne Hathaway.

Governo: Apesar de a monarquia ainda ter peso em Genóvia, o país tem Parlamento e o chefe do governo é o primeiro-ministro.

Exportações: As famosas pêras genoviesas, é claro.

Hino nacional: “Genóvia (A Terra Que Chamo de Meu Lar)” é um hino patriótico e inflamado, que descreve as pereiras em flor e os magníficos mares. Você pode ouvir o hino aqui.

Palácio: Lindo e enorme. Parece com o Castelo Langford, na Inglaterra.

 

Cordínia (Natal na Realeza)

Localização: Cordínia é um pequeno estado soberano no sul da França (filmado na Romênia).

Língua: Inglês britânico, apesar de o país ficar encravado na França.

Clima: Temperado o ano todo, apesar de nevar um pouco no inverno. Entre 1974 e 2014 não nevou nada em Cordínia. A nevasca de 1974 ganhou o nome de “Milagre de Natal de Cordínia”.

Monarcas reinantes: A rainha Isadora é a regente de Cordínia; Seu filho, o príncipe Leopoldo, deve assumir o trono. A rainha está preocupada que o filho, que está morando na Filadélfia para estudar, se atreva a casar com uma plebeia.

Governo: Monarquia constitucional.

Cultura: O baile de Natal anual é um dos eventos mais importantes do ano, apesar de só a elite ser convidada. Durante as festas de fim de ano, a praça principal fica cheia de locais vendendo pinheiros, guirlandas, artesanato e outros presentes de Natal. Todo mundo entra no espírito natalino. E a realeza também adora esgrima e montaria.

Palácio: O castelo é enorme: são 117 quartos. A propriedade também inclui uma igreja e um cemitério.

 

Calpúrnia (Meu Amor é um Príncipe)

Localização: Calpúrnia fica a sudoeste dos Alpes franceses.

Língua: Inglês britânico.

Clima: Descrito pelos turistas como “uma terra encantada de inverno”, Calpúrnia tem muita neve.

Monarca reinante: Rainha Beatrice, matriarca que valoriza a tradição e que será sucedida pelo príncipe Adrian – que se considera um monarca modernizador e próximo do povo.

Governo: O país é uma monarquia parlamentar, apesar de a família real continuar envolvida na política econômica e social, até mesmo fazendo lobby por alguns acordos comerciais específicos.

Cultura: O país é pequeno, então a maioria das atividades culturais se concentram em uma praça. Há penduradores de chapéus pelas ruas, mesmo quando está nevando, e caminhadas para turistas estão sempre disponíveis. Calpúrnia é um país de tradições. A família real foi se tornando mais acessível com o passar dos anos, mas a cerimônia de coroação nunca foi aberta ao público.

 

Maldévia (Um Príncipe em Minha Vida)

Localização: Europa!

Língua: Inglês britânico.

Clima: Inverno com neve.

Governo: Monarquia constitucional.

Monarca reinante: Os atuais rei e rainha querem que seu filho Alexander Theodore William Hendricks (Alex) volte à Maldévia para retomar suas obrigações reais. Alex está morando em Nova York e namorando uma plebeia. A família real dá muita importância à tradição, ao senso de dever e à Lei Real de Casamentos de Maldévia, que permite que a família rejeite casamentos de membros da realeza com plebeus.

Cultura: Essa nação europeia pode ser minúscula, mas o que falta em termos de “presença no cenário internacional” é compensado por suas ricas história e cultura. Os detalhes são um mistério, mas temos de acreditar.  

 

Winshire (Um Natal Coroado)

Localização: Nação soberana perto de Luxemburgo (filmado na Romênia).

Língua: Inglês britânico.

Clima: Neve no inverno.

Monarca reinante: Rei Maximiliano, viúvo e pai da princesa Theodora, uma pré-adolescente rebelde que se especializa em assustar as governantas. O rei pretende se casar com a condessa Celia, sua ex-namorada, para fazer dela a nova rainha.

Governo: Monarquia constitucional.

Cultura: O inverno e o Natal são partes importantes da cultura de Winshire. Na véspera de Natal, acontece um famoso baile de gala, além de guerras de bola de neve.

Palácio: O castelo pertence à família real há séculos.

 

Montsaurai (Once Upon a Holiday)

Localização: Europa!

Língua: Inglês americano

Clima: Neve no inverno. O país é chamado de “mágico”, especialmente na época do fim do ano.

Monarca reinante: Princesa Catherine, a 17ª princesa de Montsaurai. Mas ela está entediada com as obrigações reais e quer mais tempo para se dedicar à sua paixão: a fotografia. Sua falecida mãe, uma americana que se casou com um príncipe de Montsaurai, a ensinou a amar as artes e as tradições do Natal.

Cultura: O maior evento do ano é o festival de Natal. A família real sempre comparece, e a praça central fica cheia de árvores de Natal, Papais Noéis vestindo roupa verde e homens usando lederhosen (calças tradicionais da Bavária, na Alemanha) e capas.

Palácio: Um lindo castelo no topo de uma montanha, com a cidade aos seus pés.

 

Balemont (O Príncipe e Eu)

Localização: Europa!

Língua: Inglês britânico.

Clima: Neve no inverno.

Monarca reinante: Príncipe Duncan Humphries, um jovem meio sem sal que foge das obrigações, de um casamento arranjado e do país, mudando (temporariamente) para os Estados Unidos.

Governo: Monarquia constitucional.

Cultura: Balemont é mais uma minúscula nação europeia que se dedica ao Natal – usando o amor pela festa e pelos casamentos para realizar o casamento real do ano e conquistar o apoio da população para a monarquia. Outro passatempo nacional é a esgrima.

 

Baltânia (A Royal Christmas Ball)

Localização: Baltânia é um minúsculo país europeu nos Cárpatos.

Língua: Inglês britânico.

Clima: Neva no inverno.

Monarca reinante: Rei Charles, um viúvo de 39 anos sem filhos – ou pelo menos é o que ele acha – que pode ou não ter herdeiros para o trono, por causa de um romance antigo da época em que ele estava na faculdade.

Turismo: O rei visitou Los Angeles recentemente para encontrar com investidores que aparentemente vão levar mais turistas para o minúsculo país. Baltânia também tem algumas das melhores estações de esqui do mundo, o que ajuda a atrair turistas.

Cultura: O principal evento cultural do ano é o baile anual de Natal. É um evento tão importante que, se o rei não tiver uma acompanhante, acontece uma crise.

 

Aldóvia (O Príncipe do Natal e O Príncipe do Natal: Casamento Real)

Localização: Europa! (filmado na Romênia).

Língua: Inglês britânico.

Clima: Inverno com neve. O país é montanhoso e também conta com florestas verdejantes.

Governo: Monarquia constitucional, com sistema parlamentarista. Aldóvia também tem um primeiro-ministro, apesar de ele parecer não ter controle da política econômica.

Monarca reinante: Rei Richard, que quase abdicou do trono quando revelou-se que ele foi secretamente adotado. Por sorte, seu pai mudou as leis. Agora, o rei quer modernizar Aldóvia, mas os esforços não são completamente bem sucedidos.

Cultura: O baile anual de Natal é o evento do ano, mas o país também gosta de celebrar os casamentos da realeza no dia de Natal. Tradições antigas impedem a economia de avançar economicamente. Demissões em massa levam os trabalhadores a entrar em greve. O país tem forte cultura de bares; pelo menos os desempregados têm onde afogar as mágoas. A monarquia tolera tacitamente os sindicatos, mas em alguns casos proíbe greves.

 

Belgrávia (A Princesa e a Plebeia)

Localização: Europa, mas não confundir com o bairro chique de Londres que tem o mesmo nome (filmado na Romênia).

Língua: Inglês britânico.

Clima: Neve no inverno.

Governo: Não fica claro. Será que o principado é uma monarquia pura? Quem vai saber?

Monarcas reinantes: Rei George, Rainha Caroline e o filho, o belo príncipe Edward.

Cultura: Nenhum feriado é tão importante quanto o Natal. Isso fica claro não só por causa da participação da família real na competição de doceiros, mas em toda a capital durante o inverno. A praça principal sedia um festival de Natal. A realeza também adora montaria.

Turismo: Belgrávia realiza uma competição internacional de doceiros na época do Natal, com os melhores confeiteiros do mundo. Inexplicavelmente, o concurso parece dominado por confeiteiros americanos. O país também conta com uma famosa escola de balé.

 

San Senova (Christmas At The Palace)

Localização: Europa! (filmado na Romênia).

Língua: Inglês britânico.

Clima: Neve no inverno, quente no verão.

Governo: Monarquia constitucional.

Monarca reinante: Rei Alexandre, conhecido como o “rei Grinch” porque está mais interessado em sentimentos práticos que no verdadeiro espírito natalino, como seu falecido pai. Ele é viúvo e pai da princesa Christina.

Cultura: O Natal é o feriado mais importante de San Senova – de fato, segundo as lendas, o país foi fundado neste dia. Um dono de terras saiu para salvar a população local de uma tempestade de neve e se perdeu; sua mulher e sua filha o salvaram - e aos outros moradores - atravessando de patins um lago congelado. Logo depois, a população tornou-se súdita do lorde, e assim se estabeleceu o reino de San Senova. A patinação no gelo é extremamente popular no país, que, apesar de minúsculo, é um “gigante do turismo”.

Palácio: Estrutura majestosa, constantemente decorado com bengalas de doce, guirlandas e árvores de Natal. A família vive na Ala Leste e às vezes tem a rotina interrompida por grupos de turistas.

Com a colaboração de Claire Fallon

Gráficos de Dee Mackey/HuffPost US

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.