Oscar 2020: Cardápio da festa será 70% vegano e sem garrafas plásticas

“A Academia é uma organização de influenciadores ao redor do mundo, e devemos à nossa composição global um compromisso de apoiar o planeta."

O Oscar 2020 será (quase) vegano. Na última segunda-feira, indicados ao Oscar se reuniram para o almoço anual e se depararam com um cardápio inteiramente à base de plantas.

Um repórter do site ABC postou a foto do menu oferecido no evento que teve como convidados Brad Pitt, Renne Zellweger e Leonardo DiCaprio. Ele inclui queijo vegano, homus, cogumelos assados, arroz negro, abóbora, couve-flor e curry vermelho.

Já o Oscar, que acontece no próximo 9 de fevereiro, deve apresentar um menu quase vegano. Nesta semana, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood informou que o jantar estará em linha com outros eventos e premiações do cinema em 2020.

O cardápio do Governors Ball, evento luxuoso que acontece logo após a premiação, será 70% vegano e apenas 30% dos pratos terão peixe, carne bovina e opções vegetarianas.

“A Academia é uma organização de influenciadores ao redor do mundo, e devemos à nossa composição global um compromisso de apoiar o planeta”, afirmou a Academia em nota enviada à imprensa. “Na última década, a Academia tem se comprometido a reduzir a pegada de carbono. Nós continuamos expandindo nosso plano de sustentabilidade com o objetivo de se tornar carbono neutro.”

Além do cardápio, o evento também vai abolir garrafas de água de plástico.

O anúncio segue o exemplo de menus veganos servidos em jantares de premiações que ocorreram no início deste mês, como o Globo de Ouro e do Sindicato dos Atores.

O ator Joaquin Phoenix, que é vegano, agradeceu os organizadores do Globo de Ouro pelo menu à base de plantas.

“Primeiramente, eu gostaria de agradecer o Hollywood Foreign Press por reconhecer a ligação entre a agropecuária e a mudança climática, é um grande movimento fazer uma noite como esta à base de plantas”, disse eu seu discurso ao receber o prêmio de Melhor Ator - Drama por sua atuação em “Coringa”.