COMIDA
08/06/2019 07:56 -03

Os piores alimentos para comer se você quer perder peso

Eles são ricos em gorduras, açúcar e sódio e, muitas vezes, escondem sua ação nociva para a saúde em versões “light” e “diet”.

Perder peso, para a maioria das pessoas, não é algo fácil. Além de encarar uma mudança alimentar e exercícios físicos regulares, muitas pessoas acabam apelando para dietas restritivas ― o que pode acarretar em aumento de peso nada intencional. 

Como já dissemos por aqui, nosso corpo não se dá muito bem com dietas que restringem muito as calorias e, depois de um tempo, as pessoas que as seguem acabam recuperando tudo o que perderam - e, às vezes, até um pouco mais. 

Para nutricionistas, a melhor forma de emagrecer é, sim, diminuindo a ingestão de calorias, mas também priorizando alimentos saudáveis e naturais. 

Para quem está querendo perder peso, alguns alimentos realmente tornam o caminho muito mais difícil. Eles são ricos em gorduras que não são boas, em açúcar e sódio e, muitas vezes, escondem sua ação nociva para a saúde em versões “light” e “diet”. Outros sempre foram associados às dietas e perda de peso, mas hoje sabemos que não fazem bem à saúde.

Veja a lista do site DailyMeal:

 

Sucos, refrigerantes e outras bebidas açucaradas 

monticelllo via Getty Images

Açúcares são encontrados de diferentes formas ― o que pode confundir o consumidor. Algumas bebidas que aparentam ser saudáveis, como aquelas “diet”, escondem calorias e açúcares. Outras bebidas têm em sua composição xarope de milho, xarope de malte, trealose, lactose e outros tipos de açúcares “escondidos”. 

Além dos refrigerantes e outras bebidas industrializadas - como chás prontos -, sucos de caixinha e isotônicos, também tome cuidado com o açúcar que você adiciona ao café, ao chá e a outras bebidas. O ideal é treinar o paladar para ser menos doce do que utilizar adoçantes. 

 

Carnes processadas

Kanawa_Studio via Getty Images

Carnes processadas como salsicha, linguiça, presunto, salame, mortadela, bacon, nuggets de frango e outros também não são recomendados. Elas contêm grandes quantidades de gorduras e sódio, além de outros ingredientes nada naturais, e foram relacionadas ao risco de câncer do intestino, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

E se você cortou estes alimentos e continua comendo peito de peru, saiba que ele não é tão diferente dos outros. Ele pode ter menos calorias, mas continua sendo uma carne embutida, com adição de diversos compostos químicos, como sódio, conservantes e corantes e compostos nitrogenados. Veja aqui como saber se um alimento é ultraprocessado.

 

Fast-food e lanchinhos processados

Wojciech Kozielczyk via Getty Images

Todo mundo sabe que fast-food está longe de ser saudável, mas um estudo realizado em uma universidade no Irã revelou que comer hambúrgueres, batatas fritas e refrigerantes afeta mais a circunferência abdominal do que o IMC (Índice de Massa Corporal).

Já bolachas de água e sal, barrinhas de cereais e biscoitos doces podem parecer inofensivos, mas escondem muito açúcar, farinha de trigo e não são nada nutritivos, o que significa que vão te deixar com fome em pouco tempo. 

 

Arroz e macarrão branco

lisatop via Getty Images

Arroz, macarrão e pão francês são alimentos saudáveis, mas precisam ser consumidos de forma moderada, porque seus índices glicêmicos são bem altos. 

Alimentos com alto índice glicêmico desencadeiam uma liberação de grandes quantidades de insulina para manter os níveis de glicose no sangue dentro do limite, o que sobrecarrega o pâncreas. A insulina elevada também contribui para menor saciedade e até resistência à insulina.

Isso não quer dizer que você está proibido de comer estes alimentos ― deliciosos, por sinal. Mas você pode trocá-los por suas versões integrais, que têm índice glicêmico menor, ou saborear os pratos nos fins de semana e refeições especiais. 

 

Sorvete 

David Buzzard - media-centre.ca via Getty Images

Sorvetes são deliciosos, mas igualmente açucarados e calóricos. A coisa piora  quando escolhemos aqueles sorvetes de massa encontrados nos supermercados. Eles são ultraprocessados e possuem altos níveis de gordura, açúcar e sódio. 

Uma boa notícias é que você pode substituí-lo por sorvetes de frutas ou mesmo fazer o seu com frutas de casa. Veja a receita de sorvetes caseiros que levam até 3 ingredientes