ENTRETENIMENTO
10/10/2019 10:48 -03 | Atualizado 10/10/2019 12:42 -03

Olga Tokarczuk e Peter Handke ganham Prêmio Nobel de Literatura

O prêmio entregue a Tokarczuk é referente ao ano de 2018. Já o austríaco Peter Handke foi agraciado com o Nobel deste ano.

BEATA ZAWREL via Getty Images

A polonesa Olga Tokarczuk e o austríaco Peter Handke receberam nesta quinta-feira (10) o Prêmio Nobel de Literatura, concedido pela Academia Sueca em cerimônia em Estocolmo. 

O prêmio entregue a Tokarczuk é referente ao ano de 2018, uma vez que a Academia cancelou a premiação após um escândalo sexual e crimes financeiros. No início deste ano, a Academia informou que concederia dois prêmios em 2019. 

Olga Tokarczuk, de 57 anos, é conhecida por seu romance histórico Księgi Jakubowe, ou Escrituras de Jacó, publicado em 2014. Segundo o comitê da Academia, ela mostrou neste trabalho a “capacidade suprema do romance de representar um caso quase além da compreensão humana”. E completou: “uma imaginação narrativa que, com paixão enciclopédica, representa o cruzamento de fronteiras como uma forma de vida”.

Em 2018, ela ganhou o Man Booker International Prize por Flights, um romance experimentar baseado em histórias de viagens. 

Olga se junta à minoria de mulheres agraciadas com um Nobel de Literatura. Desde 1901, quando a premiação foi criada, apenas 15 mulheres, de um total de 116 escritores, receberam o prêmio. 

Já Handke, de 76 anos, foi o laureado de 2019 por “um influente trabalho que, com ingenuidade linguística, explorou a periferia e as especificidades da experiência humana”, disse a Academia.

Seus mais de 50 anos como escritor incluem obras como A Sorrow Beyond Dreams, baseado na morte de sua mãe. No Brasil foram publicados dois de seus livros: Don Juan e A perda da imagem: ou através da Sierra de Gredos