ENTRETENIMENTO
02/03/2019 19:24 -03 | Atualizado 02/03/2019 19:56 -03

Crise em 'O Sétimo Guardião': O novo capítulo da separação de José Loreto

Clima está pesado nos bastidores da novela das 21h após ruidosa separação de José Loreto.

Fabiano Battaglin/Gshow
José Loreto interpreta o personagem Júnior em 'O Sétimo Selo'. 

O Sétimo Guardião enfrenta uma séria crise após a ruidosa separação de José Loreto e Débora Nascimento, episódio que expôs o nome de vários famosos e teve Marina Ruy Barbosa apontada por revistas e programas de fofoca como pivô (questão já discutida pelo HuffPost aqui). 

De acordo com Keila Jimenez, do R7, Loreto, Marina e Bruno Gagliasso, que formam o triângulo amoroso da novela das 21h, não se falam mais.

Segundo fontes ouvidas pela jornalista, Loreto chegou a pedir para se afastar do folhetim de Aguinaldo Silva a fim de se reconciliar com a ex-esposa. As cenas do ator foram reduzidas, mas sua saída não foi liberada.

O ator Bruno Gagliasso também pediu para sair.

Jimenez conta em seu blog que o ator não está contente com o seu personagem e teria dito a amigos que trabalhar na novela está “insuportável”.

Gagliasso está atualmente fora da novela por questões de saúde. Na última terça (26), o ator passou por uma cirurgia para retirada de cálculo renal no Hospital Vitória, na zona oeste do Rio, e terá que passar um novo procedimento em 25 dias – e permanecerá ainda mais tempo longe do folhetim.

Segundo a coluna de Patrícia Kogut no jornal O Globo, o ator teve uma infecção série e segue internado. O quadro geral, no entanto, é estável.

Principal vítima da impiedosa rede de fofocas, Marina Ruy Barbosa passou mal na tarde da última quinta-feira (28), nos Estúdios Globo, antes de gravar cenas de sua personagem, Luz, em O Sétimo Guardião.  

De acordo com Ricardo Feltrin, colunista do Uol, a atriz teve uma crise de choro no camarim minutos antes de contracenar com Loreto. Diretores foram deslocados até o estúdio para tentar acalmar a a atriz. Em nota, a Globo informou que Marina sofreu uma “indisposição, mas logo voltou ao trabalho”.

O autor Aguinaldo Silva, que já havia usado seu perfil no Facebook para esclarecer que não haveria morte do personagem de José Loreto na novela e também prestar apoio à Marina Ruy Barbosa, voltou a se posicionar diante dos burburinho em torno do elenco.

“Eles são grandes que se entendam. São adultos, maduros... Tem que trabalhar todo mundo’, afirmou o autor na última quinta (28)”, segundo o jornalista Leo Dias, do programa Fofocalizando.

Diante da crise instalada, especula-se que a trama das 21h será encurtada, terminando em abril, e não mais em maio, como era inicialmente planejado.

Em resposta à Keila Jimenez, a Globo negou a existência de pedidos de saída da novela por parte de Loreto e Gagliasso e afirmou que a previsão de término da novela segue a mesma.