O que acontece com seu organismo quando você bebe de estômago vazio

Em alguns casos raros, consumir muito álcool de barriga vazia pode desencadear uma complicação séria chamada cetoacidose alcoólica.

Todo mundo já tomou um drink (ou uns drinks) de barriga vazia – indo direto para um happy hour, ou então tomando champanhe na festa de casamento antes de chegar a comida.

Mas o que acontece com seu organismo quando você bebe de estômago vazio?

Ketih Grimes, médico do serviço online Babylon Health, explica que, quando você consome bebidas alcoólicas, o álcool é absorvido pelo intestino delgado – que está conectado ao estômago – e depois entra na corrente sanguínea.

“Cerca de 80% da absorção do álcool acontece aqui, e é rápido”, diz ele. “O estômago tem papel importante para determinar a velocidade de chegada do álcool ao intestino delgado.”

Se você estiver de estômago vazio, isso ocorre mais rápido. Mas, se você estiver com a barriga chega de comida deliciosa, o álcool demora mais para entrar na sua circulação – e em geral isso também é mais seguro.

Tony Rao, consultor do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido e especialista em álcool e saúde mental, diz que comer ajuda a “forrar” o estômago e a retardar a absorção do álcool – mas nem sempre. Uma das exceções são as comidas muito gordurosas.

A velocidade da chegada do álcool à corrente sanguínea depende da “motilidade” do estômago, ou seja, quanto tempo o estômago leva para ser esvaziado.

Comidas muito gordurosas podem aumentar a motilidade, ou seja, o efeito do álcool será sentido mais rapidamente.

O tipo de bebida alcoólica também pode influenciar a motilidade. “Bebidas mais fortes, como destilados e bebidas borbulhantes como o champanhe podem tornar a absorção do álcool mais rápida”, afirma Rao. “Bebidas adocicadas e cafeína reduzem a motilidade.”

Ou seja, é bom comer antes de começar a beber

Os especialistas afirmam que beber de estômago vazio pode ter impacto importante no organismo. “No curto prazo, os efeitos são sentidos mais rapidamente, pois o álcool entra na corrente sanguínea mais rápido”, afirma Rao.

“Exagerar na dose com o estômago vazio pode ser perigoso, porque o aumento repentino da concentração de álcool na corrente sanguínea pode aumentar os efeitos tóxicos do álcool no cérebro”, acrescenta ele.

Em casos muito raros, se a pessoa está jejuando ou com muita fome, tomar muito álcool pode levar a uma complicação séria chamada cetoacidose alcoólica, afirma Grimes. O metabolismo do corpo sofre ruptura e os sintomas podem incluir náusea, vômito e dores abdominais.

Esses casos exigem uma visita ao hospital. “Vimos um caso de uma jovem que morreu por causa disso”, diz Grimes. Ele se referia a Alice Burton Bradford, de 26 anos, que desmaiou no jardim de casa depois de sofrer cetoacidose alcoólica. Relatos da imprensa dão conta de que ela estava bebendo de barriga vazia.

Se você começar a beber antes de se alimentar, Grimes recomenda proferir bebidas mais leves e beber mais devagar. “Se possível, tente beliscar alguma coisa”, afirma ele.

“É algo que a população do Mediterrâneo sabe há muito tempo. Da próxima vez que estiver curtindo uma taça de Rioja com tapas, tenha certeza que o pessoal do bar está preocupado com sua saúde.”

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost UK e traduzido do inglês.