COMIDA
03/08/2019 03:00 -03

Nuggets de frango levam 17 ingredientes — nutricionista recomenda cautela no consumo

Nuggets da Sadia não levam papelão, mas contêm ingredientes calóricos e que podem viciar o paladar.

Desde que a Operação Carne Fraca flagrou em 2017 diversas irregularidades nos frigoríficos das maiores empresas de alimentos, como JBS e BRF, que incluíam até vender produtos vencidos e carne moída com papelão, muitos consumidores ainda duvidam sobre a procedência de certos alimentos, principalmente os processados e ultraprocessados, como salsichas, linguiças e nuggets. 

Este último, aliás, leva ao menos 17 ingredientes e, garante a Sadia, nenhum deles é papelão ou outros produtos que não sejam comestíveis. 

Juanmonino via Getty Images

A pedido do HuffPost, a Sadia, marca da gigante BRF, enviou uma lista de ingredientes de seu tradicional Nuggets. 

Em sua produção não são utilizados cartilagens, nervos ou ossos de frango, como muita gente acredita. “Os Nuggets Sadia são feitos com 100% peito de frango”, afirmou a assessoria de imprensa da Sadia. 

Mas, o alimento leva outros ingredientes. Aqui está a lista de tudo que é colocado em um pequeno nugget ― lembrando que a ordem dos ingredientes está de acordo com o percentual de cada um deles: 

  • Peito de Frango
  • Farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico
  • Água
  • Gordura vegetal
  • Cebola
  • Farinha de milho
  • Farinha de arroz
  • Sal
  • Dextrose
  • Alho
  • Óleo de soja
  • Extrato de alecrim
  • Aromatizantes (aromas naturais de carne e pimenta preta)
  • Estabilizantes tripolifosfato de sódio e polifosfato de sódio
  • Espessante goma xantana.

Afinal, o que tudo isso significa? 

WJBurgwal via Getty Images

Uma lista de 17 ingredientes, mesmo muitos sendo naturais, indica que o alimento é ultraprocessado, segundo a nutricionista Ariane Bomgosto. 

No manual Alimentação Cardioprotetora, feito em parceria com o Hospital do Coração, o Ministério da Saúde recomenda evitar o consumo desse tipo de alimento. 

Segundo o manual, esses alimentos têm baixa qualidade nutricional, uma vez que são ricos em calorias e normalmente levam muitos aditivos químicos que têm efeitos desconhecidos na nossa saúde, como conservantes, estabilizantes, corantes, edulcorantes, aromatizantes. ”[O consumo de ultraprocessado] não é recomendado por trazer malefícios e consequências negativas para a saúde”, afirmou guia, publicado no ano passado. 

“Como profissional, minha opinião é que este alimento não precisa ser extinto da vida da pessoa”, opina Bomgosto em entrevista ao HuffPost. “Porém, quando comparado a outros como um peito de frango empanado, por exemplo, ele perde em valor nutricional. O sabor pode até dar a impressão de ser mais atrativo, mas é menos natural”, acrescenta. 

A nutricionista lembra que aditivos como espessante, estabilizantes e aromatizantes deixam o produto muito atrativo e estimule o consumo em excesso. Além disso, comer nuggets com frequência pode viciar o paladar, que por sua vez, “vai ficar cada vez mais prejudicado para sentir o verdadeiro sabor dos alimentos”, completa Bomgosto. Ela também pondera o efeito para quem quer emagrecer.

Para quem luta contra a balança, a adoção deste tipo de alimento na rotina alimentar também pode ser um dificultador para a perda de peso.

Segundo a profissional de saúde, é preciso evitar o alimento, mas não bani-lo da dieta, se você gosta muito.

Sobre a quantidade e frequência de consumo, Ariane Bomgosto diz que não há regras, “apenas bom senso e moderação”. Aí que está o problema, não é verdade?!