ENTRETENIMENTO
02/10/2019 17:36 -03

7 novidades imperdíveis que acabaram de chegar à Netflix

Selecionamos nossas produções preferidas que estão fresquinhas no catálogo do serviço de streaming.

Ainda em dúvida do que assistir nesses dias? Muitas séries e filmes excelentes estrearam - ou estão prestes de estrear - na Netflix entre setembro e outubro.

Selecionamos sete de nossas produções preferidas que estão fresquinhas no catálogo do serviço de streaming para você maratonar à vontade.

Veja aqui: 

Pose (1ª temporada)

Divulgação

Com o maior elenco trans - e em sua grande maioria negro - da história, a série de Ryan Murphy (American Horror Story, The Politician) finalmente estreou no catálogo da Netflix! Ambientada na Nova York da década de 1980, Pose mergulha na chamada cultura “ball” – uma subcultura LGBTQ+ que abrange redes sociais conhecidas como “houses” (casas). As houses funcionavam como espaços protegidos seguros para seus membros que são rejeitados pela sociedade e como famílias adotivas para pessoas que foram expulsas por suas famílias de origem. No mundo dos balls, essas pessoas organizavam competições de “voguing” (uma dança) em diferentes categorias de performance, usando figurinos diversos. Com uma história surpreendente e visual caprichado, a série foi indicada a seis Emmys em 2019, e venceu um, o de melhor ator, para Billy Porter.

 A série estreou no catálogo da Netflix no dia 28 de setembro.

Inacreditável

Divulgação

Baseado em uma série de reportagens vencedora do prêmio Pulitzer a minissérie conta uma história realmente inacreditável. A trama é dividida em duas linhas do tempo. Em 2008, a jovem Marie Adler (Kaitlyn Dever) foi estuprada em seu apartamento por um homem encapuzado. Ao ter de contar o que aconteceu várias e várias vezes para a polícia, ela acaba se confundindo com alguns detalhes e passa a ser pressionada por policiais a admitir que estava mentindo. Já em 2011, duas policiais, Karen Duvall (Merritt Wever) e Grace Rasmussen (Toni Colette), acabam, por pura sorte, descobrindo que investigam casos de estupro distintos, mas de um mesmo agressor, e que traz as mesmas características descritas por Marie em 2008. Idealizada por Susannah Grant (roteirista de Erin Brockovich - Uma Mulher de Talento), a produção joga uma luz a um assunto necessário e extremamente incômodo: as dificuldades encontradas pelas vítimas de estupro na busca por justiça. 

A minissérie estreou no catálogo da Netflix no dia 13 de setembro.

Climax

Divulgação

Nova provocação do diretor franco argentino Gaspar Noé (Irreversível, Love), Climax é levemente baseado em um caso que aconteceu na França. O cineasta usa todos os recursos de seu estilo sensorial para mostrar um verdadeiro pesadelo cheio de dança e loucura. A história é bem simples e se passa toda dentro de um galpão isolado no meio de um inverno rigoroso na década de 1990. Lá, um grupo de dançarinos comemora o fim de um período de ensaios intensos. A festa, porém, ganha um ar sinistro quando eles começam a se sentir estranhos, desconfiando que a bebida deles foi “batizada” com algum tipo de droga. A partir dessa constatação, as coisas saem totalmente do controle e o grupo entra em um estado de frenesi psicótico coletivo.

O filme estreou no catálogo da Netflix no dia 1º de setembro.

O Som ao Redor

Divulgação

O primeiro longa do diretor pernambucano Kleber Mendonça Filho acumulou prêmios por onde passou e colocou o nome do cineasta (antes um respeitado crítico de cinema) no mapa. O estilo que mistura o apelo popular de suas referências cinéfilas a um clima de estranheza e cheio de crítica social que explodiu com o aclamado Bacurau - que dirigiu junto com Juliano Dornelles - já está bem presente no filme que conta histórias ao redor de uma rua de um bairro de classe média do Recife. Enquanto alguns moradores comemoram a sensação de segurança com a chegada de uma milícia no local, outros passam a sofrer com ao clima tenso criado por esses justiceiros. Ao mesmo tempo, uma das moradoras tenta lidar com o barulhento cachorro de seu vizinho.

O filme estreou no catálogo da Netflix no dia 1º de outubro.

Peaky Blinders: Sangue, Apostas e Navalhas (5ª temporada)

Divulgação

Violenta, cruel e extremamente cool, Peaky Blinders empresta o nome de uma famosa gangue da cidade industrial de Birmingham, na região central da Inglaterra. Conhecidos por suas vestimentas impecáveis e métodos brutais, os Peaky Blinders dominaram as atividades criminosas daquela área do final do século 19 até aos anos 1930. Seu reinado de terror em Birmingham ficou tão marcado que o termo Peaky Blinders virou sinônimo para qualquer tipo de gangue. Estrelada pelo excelente ator irlandês Cillian Murphy, a série conta a história dos Shelby, uma família de criminosos que controla um esquema ilegal de apostas em corridas de cavalos logo após a Primeira Guerra. Tente não ficar arrepiado logo na abertura do primeiro episódio, quando toca Red Right Hand, hino sinistro de Nick Cave e seus Bad Seeds.

A 5ª temporada da série estreia no catálogo da Netflix no dia 5 de outubro.

El Camino: A Breaking Bad Film

Divulgação

Envolto em muito mistério desde que foi anunciado, o filme baseado em Breaking Bad conta a história exatamente do ponto em que a aclamada série terminou, em setembro de 2013. Ou seja, com Jesse Pinkman (Aaron Paul) escapando de seu cativeiro, onde era torturado e obrigado por um bando de neonazistas a fabricar metanfetamina. Tirando o fato de que teremos a volta de coadjuvantes marcantes como Badger (Matt Jones), Skinny Pete (Charles Baker) e Mike Ehrmantraut (Jonathan Banks), nada mais foi divulgado sobre a trama. Mas uma coisa é certa, o mundo inteiro guardará duas horas de seu dia para saber o que aconteceu com o ajudante de Walter White (Bryan Cranston). 

O filme estreia no catálogo da Netflix no dia 11 de outubro.