ENTRETENIMENTO
05/06/2020 09:04 -03 | Atualizado 05/06/2020 12:21 -03

Médicos dizem para esposa de Nick Cordero se despedir do ator internado por covid-19

Amanda Kloots disse que ainda tem esperanças na recuperação de seu marido, uma estrela da Broadway que segue em estado grave.

A esposa de Nick Cordero, internado em estado grave por covid-19, disse que os médicos que cuidam do ator lhe pediram para “dizer adeus” a seu marido.

“Algumas vezes me disseram que ele não resistiria”, escreveu Amanda Kloots em sua conta no Instagram Instagram. “Me disseram para me despedir dele. Me falaram que a recuperação dele seria um milagre. Mas eu tenho fé. Às vezes é difícil manter a fé, mas ela é tudo o que você tem”, completou a dançarina.

Cordero, que já foi indicado ao Tony (o principal prêmio do teatro americano) por Tiros na Broadway, começou a apresentar os sintomas da covid-19 no mês passado, quando, segundo Kloots, ele logo teve de ser internado em uma UTI e entubado.

No início de maio, Cordero, que tem 41 anos de idade, acordou após semanas em coma induzido no Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles. Isso deu mais esperança para Kloots, que tem um filho de quase um ano de idade com o ator. Mas logo depois, o quadro dele começou a piorar de novo.

Cordero, que também atuou nos musicais Waitress e Desafio no Bronx: O Musical, já sofreu várias consequências por conta do coronavírus. Sua perna direita foi amputada em abril por causa de coágulos sanguíneos. Ele também sofreu um choque séptico, dois pequenos derrames, tem de usar um marca-passo temporário em seu coração e fazer hemodiálise diariamente, pois seus rins também foram atingidos. 

“Ele ainda está aqui e onde há fé, há esperança. Milagres acontecem! Como meu pai disse desde o primeiro dia, todos os dias ele ainda está conosco é um milagre. Acredito que Deus está conosco, com os médicos e com Nick”, disse Kloots.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.