NOTÍCIAS
05/02/2019 00:00 -02

Neymar completa 27 anos ainda em busca de afirmação

Em recuperação de lesão, camisa 10 do Paris Saint-Germain luta para provar que pode ser o melhor jogador do mundo.

Charles Platiau / Reuters
Neymar está se recuperando de lesão.

O “menino Neymar”, como gosta de falar o locutor esportivo Galvão Bueno, faz aniversário e completa nesta terça-feira (5) 27 anos — idade um pouco avançada para quem ainda é tratado como garoto por um dos ícones do jornalismo brasileiro.

E é justamente essa indefinição sobre a maturidade do camisa 10 do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira que está em foco no dia em que o jogador revelado pelo Santos apaga velinhas mais uma vez.

Cada vez mais próximo de completar 3 décadas de vida, Neymar parece ainda não ter conseguido se livrar dos velhos rótulos que o acompanham desde que despontou como promessa de craque do futebol brasileiro e mundial.

Apesar de já ter se colocado entre os 3 melhores jogadores do mundo em uma temporada, Neymar continua, dentro de campo, sendo acusado por seus adversários de ser um “cai-cai”, simular faltas e exagerar nas quedas — os memes que bombaram na Copa da Rússia provam isso.

Fora das 4 linhas, a vida de Neymar também segue os mesmos parâmetros de quando surgiu. Se na época do Santos e em seu início de Barcelona o jogador aparecia a cada semana com um corte novo de cabelo (para alegria das crianças e, claro, desespero dos pais, que viam os filhos imitarem o craque), agora são as baladas, fofocas sobre sua vida amorosa e rumores sobre a vontade de trocar de clube que dominam as manchetes.

A própria festa de aniversário para comemorar seus 27 anos, realizada nesta segunda-feira (4), é prova dessa vida de “superstar” que ronda Neymar. O jogador contratou o cantor Wesley Safadão, o pagodeiro Rodrigo e o cantor Gaab para darem shows no Espaço Pavillon Gabriel, próximo à Champs Elysées, em Paris.

Lesão de Neymar pode atrapalhar sonho outra vez

Apesar de raras na trajetória de Neymar, as lesões, quando aparecem, costumam atrapalhar os principais momentos da corrida do jogador na busca pelo posto de melhor jogador do mundo.

Em 2014, Neymar sofreu uma grave lesão nas costas na vitória da Seleção Brasileira sobre a Colômbia durante a Copa do Mundo. Como resultado, ficou fora do restante da competição, inclusive da vexatória derrota por 7 a 1 para a Alemanha, nas semifinais.

Quatro anos mais tarde, pouco antes do início da Copa do Mundo, uma fratura no quinto metatarso do pé direito obrigou o jogador a passar por uma cirurgia e chegar ao torneio na Rússia sem 100% de suas condições físicas e técnicas.

O desempenho abaixo da média na Copa certamente pesou e Neymar não figurou nem mesmo entre os 10 melhores do mundo na temporada, que coroou o croata Luka Modric como craque do ano.

Agora, em 2019, a situação parece se repetir. Neymar sofreu novamente uma fratura no quinto metatarso do pé direito em partida do PSG contra o Strasbourg, no último dia 23 de janeiro, e precisará ficar ao menos 10 semanas afastado dos campos.

O jogador já está fora do primeiro amistoso da Seleção Brasileira no ano, em março, contra a República Tcheca, e preocupa quanto às condições que apresentará para a Copa América, que será disputada aqui mesmo em solo verde-amarelo.

A corrida para chegar ao topo do mundo está, mais uma vez, prejudicada, a menos que o aniversariante desta terça-feira consiga uma recuperação surpreendente, não apenas da lesão, mas do status de craque que sempre o acompanhou, mas, às vezes, não foi justificado pela sua produção.

Fabrizio Bensch / Reuters
Em jogo de Brasil contra Colômbia, Neymar sofreu lesão e ficou de fora da semifinal da Copa de 2014.

Cristiano Ronaldo também apaga velinhas

Outro craque do futebol mundial também comemora aniversário nesta terça-feira. Cristiano Ronaldo, eleito 5 vezes o melhor jogador do planeta, completa 34 anos em momento bastante distinto de Neymar.

Em sua primeira temporada com a camisa da Juventus, da Itália, o português dá aulas de profissionalismo e já é o principal jogador da equipe de Turim, com gols, assistências e liderança sobre o grupo de atletas.

Massimo Pinca / Reuters
Cristiano Ronaldo, que brilha no Juventus, completa 34 anos.