ENTRETENIMENTO
11/11/2019 02:00 -03

Exposição Musicais no Cinema no MIS-SP celebra os filmes musicais

Realizada em parceria com o Musée de la Musique - Philharmonie de Paris, a mostra faz uma viagem por clássicos e cults do gênero.

Concebida pelo Musée de la Musique - Philharmonie de Paris, a exposição Musicais no Cinema chega ao MIS (Museu da Imagem e do Som) de São Paulo nesta quarta (13). É a primeira vez que a mostra é apresentada fora da França.

A exposição traça um panorama sobre o universo do gênero musical no cinema nacional e internacional, desde os primórdios do cinema musicado até obras recentes, como o premiado La La Land (2016) e Rocketman (2019), cinebiografia de Elton John.

A partir de fotografias, vídeos, cartazes, documentos de produção, figurinos e depoimentos, a mostra reúne filmes musicais de diferentes partes do mundo, destacando marcos para o gênero, como Cantando na Chuva (1952), Amor, Sublime Amor (1961) e Dançando no Escuro (2000).

Musicais no Cinema ainda destaca figuras importantes do gênero como Fred Astaire, Jacques Demy, Julie Andrews, Cyd Charisse e John Travolta.

Divulgação
Elvis Presley em cena do musical "Prisioneiro do Rock' n' Roll" (1957).

A curadoria do Musée de la Musique  é do pesquisador N. T. Binh, enquanto Duda Leite assina a curadoria brasileira. O jornalista e cineasta foi responsável pela adaptação para o MIS, acrescentando espaços e conteúdos inéditos baseados na cultura brasileira, como Esse mundo é um Pandeiro, dedicado às chanchadas, subgênero bastante característico da produção audiovisual nacional, e uma área que homenageia a atriz e cantora Carmen Miranda.

“A adaptação curatorial da exposição Musicais no Cinema pretende apresentar um amplo painel da produção de filmes musicais produzidos no Brasil, desde 1927 até 2019, com destaque especial para alguns movimentos e estúdios cinematográficos como a Atlântida”, diz Duda Leite.

Dividida em mais de 20 áreas, a exposição traz entre os destaques uma seção da clássica canção Singing in the Rain em diversos filmes nada óbvios. Desde Natalie Portman aos 13 anos ao lado de Jean Reno em O Profissional (1994) de Luc Besson, até a animação Robôs (2005).

Divulgação
É claro que os musicais indianos de Bollywood não poderiam ficar de fora.

Já na seção Ghost Singers o público conhece as vozes originais de algumas produções. Por meio de um sistema interativo, o visitante pode escolher alternadamente ouvir a voz original da atriz ou a voz da cantora que a dublou como em My Fair Lady entre Audrey Hepburn e Marni Nixon ou em Cantando na Chuva, entre Debbie Reynolds e Betty Noyes.

Outro destaque fica para a sala Cine Musical, onde o público pode assistir cenas icônicas dos filmes musicais como Grease - Nos Tempos da Brilhantina (1978), Billy Elliot (2001), Carmen (1983) e Bando à Parte (1964). 

Serviço

Musicais no Cinema

Local: MIS SP (Av. Europa, 158 - Jardim Europa).

Data: De 13 de novembro de 2019 a 16 de fevereiro de 2020.

Horários: Ter. a sáb., das 10h às 20h (com permanência até 22h); dom. e feriados, das 10h às 19h (com permanência até 21h).

Ingressos: Compra antecipada no site da Sympla.

Preços: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). Entrada gratuita às terças-feiras e para crianças até cinco anos.