ENTRETENIMENTO
20/01/2020 05:00 -03 | Atualizado 20/01/2020 05:00 -03

Gal Gadot dá dicas de bem-estar e diz o que podemos esperar de ‘Mulher-Maravilha 1984’

Em entrevista exclusiva ao HuffPost, atriz israelense também fala sobre a ausência de diretoras nesta temporada de premiações.

Gal Gadot faz papel de heroína nas telas, mas, por trás das câmeras, a atriz e mãe de duas meninas tem vários rituais para se preparar para esse tipo de papel, além de uma rotina para cuidar da cabeça e do corpo todos os dias.

Em alguns meses Gadot poderá ser vista nos cinemas, em Mulher-Maravilha 1984, a continuação do filme de 2017 que conquistou público e crítica. Você provavelmente também verá Gadot em comerciais da Smartwater, marca de água mineral da Coca-Cola.

O HuffPost conversou com Gadot sobre sua rotina de bem-estar, sobre o novo filme e a importância de cineastas mulheres:

HuffPost: O bem-estar pode envolver muitas coisas diferentes. Qual é a sua abordagem holística em relação ao bem estar?

Gal Gadot: Você está com tempo?

Estou, sim. Pode falar.

Acho que estar hidratada é muito importante. Especialmente quando estou viajando. Isso me faz me sentir energizada. Uma das minhas filosofias de vida, já que vivemos vidas modernas, ocupadas e cheias de pressão, é o equilíbrio. É importante encontrar equilíbrio em tudo o que fazemos, além de maneiras de recarregar as baterias física, mental, espiritual e emocionalmente.

David M. Benett via Getty Images
Gadot se casou com Yaron Varsano em 2008. Eles têm duas filhas.

Quando se trata do corpo, me certifico de que estou bebendo água. Me certifico de fazer atividades físicas. Me certifico de consumir coisas saudáveis sempre que possível. E sempre tento meditar. Também tento ensinar isso para minhas filhas. É uma constante busca pelo equilíbrio entre ser mãe e trabalhar. Uma batalha interminável para coordenar a minha agenda com a das crianças e com a do meu marido. Sempre tento separar um tempo para a família e para mim mesma. E também sei que o importante é tentar fazer o melhor, e não se preocupar se às vezes as coisas não dão tão certo como eu gostaria.

Muito orgulhosa de anunciar minha nova parceria com a @smartwater, marca que tem raízes na inovação, tanto por dentro quanto por fora, na garrafa de base vegetal e 100% reciclável. A Smartwater faz parte da minha vida há muitos anos e estou empolgada em entrar para esse time!

Você entrou em contato com Jennifer Aniston, que era a garota-propaganda da Smartwater?

Meu Deus, quem me dera. Amo Jennifer Aniston. Ela é uma das minhas atrizes favoritas, admiro muito o trabalho dela. Estou muito feliz com essa parceria com a Smartwater, como a que ela manteve.

Você falou das suas filhas. O que você gostaria de ensinar para elas além de bem-estar?

Quero que elas sejam gentis. Que sejam boas consigo mesmas. Que saibam que não existem limites para suas oportunidades e que elas devem celebrar quem são. Também sei que estamos vivendo num mundo muito exigente; de novo, é importante encontrar o equilíbrio. Faça o que é bom para você, e espero que elas o façam.

É tudo que podemos fazer, né?

Exatamente. Eu espero.

Estamos falando de bem-estar e manter-se saudável. Como você se prepara para um papel como o da Mulher-Maravilha?

São meses de treinamento, de uma dieta especial. E, é claro, beber muita água, especialmente quando você está treinando. Faço muita musculação e ensaios das cenas de ação. Também incorporei pilates no filme porque pensei: “Preciso fazer algo que seja bom para mim, não só comprimir meu corpo”. É tudo muito intenso. Mas tenho que dizer que, depois de alguns meses de exaustão completa, treinando todos os dias, você se empolga e fica impressionado com as possibilidades do seu corpo.

Você dispensa dublês em várias cenas, não é?

Sim. Mas tenho duas dublês que adoro e merecem crédito. Mas faço a maior parte das cenas. Neste filme, tentamos filmar o máximo possível em sets e cenários de verdade, não com uma tela verde ao fundo. É complicado, demora e é exigente, mas o resultado vale a pena.

Warner Bros/DC Entertainment
Gadot volta ao papel de Mulher-Maravilha em filme dirigido por Patty Jenkins e co-estrelado por Chris Pine, Robin Wright e Kristen Wiig.

Mulher-Maravilha 1984 estreia este ano. Se você pudesse contar um pouco sobre o que as pessoas podem esperar o filme, o que diria? Sem entregar nada, é claro.

Bem, é uma jornada completamente nova para a Mulher-Maravilha. Espero que ela tenha um impacto profundo nas pessoas, porque o filme é muito universal. Além disso, tem muita ação, uma história de amor e novos vilões.

O filme foi dirigido por uma mulher e é estrelado por uma mulher. Mas nenhuma mulher foi indicada para o prêmio de melhor direção no Globo de Ouro e no Oscar neste ano, por exemplo. Como dona de uma produtora, o que você acha disso?

Todo mundo fala de empoderamento e feminismo. Obviamente, como mostra o que você acaba de dizer, ainda não chegamos lá. Ainda temos muito a fazer. Acho que temos diretoras fabulosas e muito talentosas que merecem reconhecimento. Só posso manter as esperanças e fazer meu trabalho com minha empresa e como uma das produtoras de Mulher-Maravilha e de outros filmes e programas de TV – na expectativa de que as coisas mudem. Estamos só no começo da tendência.

Axelle/Bauer-Griffin via Getty Images