ENTRETENIMENTO
15/01/2020 15:30 -03

Versão live-action de 'Mulan' não terá Mushu nem músicas

"Não ficamos cantando quando entramos em uma guerra", diz a diretora Niki Caro.

Mulan, a próxima versão em live-action de uma das animações clássicas da Disney vai fugir bastante do material original. Quem avisa é a própria diretora do filme, Niki Caro, em entrevista publicada nesta quarta (15) no site Digital Spy.  

Seguindo o caminho oposto de Aladdin e O Rei Leão, os dois últimos lançamentos da Disney nesse formato, a nova versão de Mulan não contará com músicas que ficaram famosas na animação de 1998, como Reflection ou A Girl Worth Fighting For.

O motivo? Caro explica: “Voltando à questão do realismo no filme... Não ficamos cantando quando estamos em uma guerra. Não que eu esteja dizendo algo contra a animação, as músicas são brilhantes, mas acho que a maior coisa para mim em refazer um título icônico como Mulan em live-action é o fato de contar essa história de uma garota que vai para a guerra de forma mais realista”.

Divulgação
A chinesa Yifei Liu encarna a versão em carne e osso da "princesa" Disney que mudou esse conceito no estúdio.  

Outra baixa que pode ser muito sentida pelos fãs é a confirmação da ausência do pequeno dragão Mushu, um dos personagens mais queridos na animação que no original foi dublado por Eddie Murphy, três anos antes de outro personagem de desenho animado que marcou sua carreiro, o Burro de Shrek (2001).

“Mushu é insubstituível. O clássico animado se destaca por conta própria. Nesse filme, há um representante da criatura, uma representação espiritual dos ancestrais que está bem mais ligado ao relacionamento de Mulan com seu pai. Não é Mushu”, conclui Caro.

A nova versão de Mulan estreia nos cinemas brasileiros no dia 26 de março. Veja o trailer aqui: