NOTÍCIAS
28/02/2019 16:53 -03

Carnaval 2019: MP do Rio pede interdição da Sapucaí por problemas estruturais

Sambódromo não possui certificação dos bombeiros para funcionar; Desfiles começam no sábado.

NurPhoto via Getty Images

A dois dias do início do desfile das escolas de samba do Rio, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) entrou com um pedido de urgência nesta quinta-feira (28) solicitando a interdição da MarquêsdeSapucaí, que é o palco do Carnaval mais conhecido do Brasil.

Segundo o jornal O Globo, o MPRJ argumenta que o local não possui certificação do Corpo de Bombeiros para funcionar. A liberação do local só será possível após a corporação realizar uma vistoria e conceder um laudo técnico certificando que o sambódromo oferece a mínima segurança necessária para os frequentadores.

Além do laudo técnico, o MPRJ exige a assinatura do Termo de Responsabilidade pelos presidentes da Riotur e da Liesa, responsáveis pela gestão do carnaval na cidade do Rio.

Na última semana, O Globo publicou uma matéria mostrando a estrutura do sambódromo. Durante a visita ao local, o jornal registrou vergalhões expostos, grandes vãos nas arquibancadas e fiação descoberta. Além disso, alguns setores tinham mofo nas paredes, e teto e arquibancadas com buracos. 

A equipe do jornal indicou a falta de sinalização para rota de fuga e mangueiras em caso de incêndios, dispositivos de segurança que são exigidos pelo Corpo de Bombeiros.

Há 10 dias, durante o ensaio técnico dos desfiles, a chuva inundou a passarela do sambódromo. Os torcedores que estavam presentes relataram ter tomado choques nas estruturas por conta do alagamento.

Em nota ao O Globo, a Riotur minimizou a situação do sambódromo. “O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar montam uma espécie de quartel-general para garantir toda a estrutura necessária ao evento”, explicou. O órgão também afirmou que já abriu um procedimento para a regularização definitiva da Sapucaí.