NOTÍCIAS
06/10/2020 16:54 -03 | Atualizado 06/10/2020 17:56 -03

Guitarrista Eddie Van Halen morre aos 65 anos

Ícone do rock foi vítima de complicações de um câncer na garganta.

O lendário guitarrista Eddie Van Halen, líder da banda que leva seu sobrenome, morreu nesta terça-feira (6) em decorrência de complicações provocadas por câncer na garganta. O músico tinha 65 anos.

“Não acredito que estou tendo que escrever isso, mas meu pai, Edward Lodewijk Van Halen, perdeu sua longa e árdua batalha contra o câncer essa manhã. Ele foi o melhor pai que eu poderia pedir”, escreveu o filho do guitarrista, Wolfgang Van Halen, em suas redes sociais.

“Cada momento que compartilhei com ele no palco e fora dele foi um presente. Meu coração está partido e eu não acho que jamais me recuperarei totalmente dessa perda. Eu te amo muito, pai”, diz o final da publicação. 

Holandês naturalizado estadunidense, Van Halen começou sua carreira musical ao lado do irmão mais velho, Alex, quando ambos ainda eram crianças.

A dupla aprendeu a tocar piano logo após a mudança para os Estados Unidos. O instrumento, no entanto, foi substituído pela guitarra (Eddie) e bateria (Alex). A primeira banda dos irmãos, batizada de The Broken Combs, foi criada sob influência de nomes como Cream e Led Zeppelin.

Em 1972, após o fim da primeira banda, a dupla resolveu trazer o baixista Mark Stone e o vocalista David Lee Roth para formar o grupo Genesis. Por conta da icônica banda de mesmo nome já existente, o grupo foi rebatizado de Mammoth. Posteriormente (e finalmente), recebeu o sobrenome dos irmãos.

A formação clássica viria depois da substituição de Stone por Michael Anthony.

Eddie Van Halen se tornou uma das lendas da guitarra ao longo de 48 anos de carreira. E seus riffs e solos virtuosos entraram para a história do rock. Em 2012, o músico ficou em primeiro lugar na enquete com leitores da revista Guitar World que elegeu o melhor guitarrista de todos os tempos.

Entre os grandes sucessos do guitarrista na banda estão Dance the Night Away (1979), Panama (1984), Why Can’t This Be Love (1986), além de diversas parcerias, sendo Beat It, com Michael Jackson, a mais famosa.

 

 

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost