COMPORTAMENTO
24/03/2019 11:26 -03 | Atualizado 25/03/2019 13:05 -03

Como ajudar as vítimas do ciclone Idai sem precisar sair de casa

De acordo com a Unicef, pelo menos 1 milhão de crianças foram afetadas pelas enchentes.

YASUYOSHI CHIBA via Getty Images

Já passa de 700 o número de mortos devido a passagem do ciclone Idai, no sul da África, no último 15 de março. O maior número de vítimas fatais confirmadas está Moçambique (mais de 400 óbitos).

A Unicef estima que 1 milhão de crianças tenham sido atingidas pelo furacão entre Moçambique, Zimbabué e Malawi. A cidade portuária de Beira, uma das mais atingidas, enfrenta falta de energia elétrica, fome, sede e perdeu a comunicação com a destruição das estradas.

Diante do estado de calamidade, organizações estão se mobilizando para, de alguma forma, oferecer ajuda aos atingidos pela catástrofe. 

Veja como você pode ajudar, sem precisar sair de sua casa.

1. Colabore com a ONU

A ONU coordena equipes de apoio por meio do Escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA). Você pode ajudar com doações podem ser feitas pelo site da organização.

2. Doe para equipes de combate à fome

O Programa Mundial de Alimentos (PMA) é uma das agências da ONU que lideram ações na região. Você pode doar por meio do site da organização.

3. Ajude por meio da Unicef

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) abriu um canal direto para doações nas regiões atingidas.

Em visita a Moçambique, a diretora-executiva da Unicef, a norte-americana Henrietta Fore, calcula que vá precisar pelo menos de US$ 30 milhões para prestar ajuda imediata. “A situação vai piorar antes de melhorar”, disse. “As agências de ajuda mal começaram a ver a escala dos danos”.

4. Faça doações para o Médicos Sem Fronteiras

A organização criou um fundo de apoio de emergência. As doações podem ser a partir de R$10. Com R$60, você colabora com filtros para transfusão sanguínea. Com R$89, você colabora com comprimidos de cloro para purificar a água da região. Com R$318, você ajuda a distribuir soro que combate a desidratação.

5. Doe para a Caritas

A organização internacional aceita doações pela internet de qualquer valor para ajudar na compra de alimentos e medicamentos. 

6. Colabore com a ActionAid

A instituição recebe doações em dinheiro por transferência online para custear a compra de água potável, comida e outros suprimentos. As doações são a partir de R$35.

Conforme a última contagem oficial, a passagem do ciclone Idai em Moçambique deixou 1.528 pessoas feridas e 89 mil desabrigadas em centros de acolhimento, além das mortes. De acordo com o Unicef, há aldeias inteiras submersas, inclusive com escolas e centros de saúde destruídos.

O Unicef descreve que as inundações e a superlotação nos abrigos, em ambientes com falta de higiene e água parada, pode propiciar a ocorrência de doenças como cólera, malária e diarreia.

7. Ajude a Oxfam

A organização internacional está atuando em Moçambique, Malawi e Zimbabué no fornecimento de suprimentos em parceria com instituições locais. Você pode fazer a doação por meio do site deles. 

8. Doe para Save The Children 

A organização é destinada a ajudar crianças pelo mundo e coleta doações para  minimizar o desastre causado pelo ciclone Idai.

 

(Com informações da Agência Brasil.)