ENTRETENIMENTO
29/05/2020 03:00 -03 | Atualizado 29/05/2020 11:11 -03

7 minisséries imperdíveis para ver agora em streaming

Sem tempo ou vontade para encarar uma série cheia de temporadas? Seus problemas acabaram!

Procurando alguma coisa para assistir nas plataformas de streaming mas está sem tempo ou vontade de encarar aquela série cheia de temporadas e inúmeros episódios? Pois saiba que há várias minisséries incríveis que você pode matar em um ou dois dias disponíveis por aí.

Selecionamos aqui as que nós achamos que não tem como errar.

Do desastre nuclear de Chernobyl à Guerra do Vietnã, conheça aqui 7 minisséries imperdíveis para você ver agora mesmo: 

1 - Chernobyl (HBO)

Divulgação

Pegando carona na comoção (ou, para muitos, decepção) causada com o final de Game of Thrones, a minissérie Chernobyl, que foi exibida na HBO logo depois de GoT, em 2019, conquistou corações e mentes dos amantes de uma produção que primou pela qualidade de roteiro, direção e atuações. Os mais exigentes com dados históricos podem reclamar (com certa razão) de alguns pontos da trama que fogem ao que realmente aconteceu naquela noite de 26 de abril de 1986. É inegável, porém, que a minissérie conseguiu encapsular com precisão o horror e a gravidade do desastre nuclear mais emblemático da História mundial.

2 - Inacreditável (Netflix)

Divulgação
inacreditavel

Baseada em uma série de reportagens vencedora do prêmio Pulitzer, a minissérie conta uma história realmente inacreditável. A trama é dividida em duas linhas do tempo. Em 2008, a jovem Marie Adler (Kaitlyn Dever) foi estuprada em seu apartamento por um homem encapuzado. Ao ter de contar o que aconteceu várias e várias vezes para a polícia, ela acaba se confundindo com alguns detalhes e passa a ser pressionada por policiais a admitir que estava mentindo. Já em 2011, duas policiais, Karen Duvall (Merritt Wever) e Grace Rasmussen (Toni Colette), acabam, por pura sorte, descobrindo que investigam casos de estupro de um mesmo agressor — e que trazem as mesmas características descritas por Marie em 2008. Idealizada por Susannah Grant (roteirista de Erin Brockovich - Uma Mulher de Talento), a produção joga uma luz a um assunto necessário e extremamente incômodo: as dificuldades encontradas pelas vítimas de estupro na busca por justiça.

3 - Olhos que Condenam (Netflix)

Divulgação
Olhos

Outra minissérie baseada em um acontecimento real, no caso o de 5 jovens condenados incorretamente pelo estupro de uma mulher que corria no Central Park, em Nova York, em 1989. Olhos que Condenam é uma minissérie perturbadora. Primeiro ao mostrar o quanto a polícia e a Justiça americanas são parciais ao perseguir e julgar negros e hispânicos por meio de um sistema claramente racista, e segundo por mostrar a mentira que é a ressocialização de ex-presidiários, que depois de soltos, não conseguem mais qualquer chance de ter uma vida decente. O último episódio, que retrata o caso de Korey Wise (interpretado lindamente por Jharrel Jerome) é primoroso. Duro, desolador e poético. De cortar o coração.

4 - Generation Kill (HBO)

Divulgação

Uma das melhores (e menos conhecidas) minisséries escritas por David Simon e Ed Burns, dupla de criadores da fantástica série The Wire, Generation Kill é baseada no livro de mesmo nome do jornalista Evan Wright, da revista Rolling Stone. A produção conta com uma precisão absurda o dia a dia de um grupo de fuzileiros navais americanos durante a invasão do Iraque em 2003. Com diálogos certeiros e um belo elenco, conhecemos um bando de soldados que não fazem ideia do que estão fazendo e seus comandantes ainda mais perdidos do que eles, numa mistura de situações absurdas, trágicas, engraçadas e, às vezes, heróicas.

5 - Arremesso Final (Netflix)

Divulgação

Co-produção da Netflix com a ESPN, a minissérie esmiuça a carreira do maior jogador de basquete de todos os tempos, Michael Jordan, fazendo um paralelo de sua última temporada no Chicago Bulls, quando conquistou seu sexto título da NBA, com sua trajetória desde os tempos de jogador universitário. Recheado de histórias saborosas, intrigas, viradas históricas e derrotas dolorosas, Arremesso Final mostra que Jordan, por mais “extraterrestre” que seja como esportista, é uma pessoa comum, cheia de contradições. Desde que estreou na Netflix, em abril, a minissérie vem causando diversas polêmicas entre atletas que jogaram contra e junto com Jordan.

6 - The Jinx: The Life and Deaths of Robert Durst (HBO)

Divulgação

À primeira vista, a história retratada nessa minissérie documental pode parecer bizarra demais para ser verdade, mas, acredite, é tudo verdade. O caso começa quando pedaços de um corpo esquartejado são encontrados boiando em sacos plásticos na costa de uma cidade do Texas. Após uma rápida investigação, a polícia logo aponta o principal suspeito, um sujeito bem esquisito chamado Robert Durst. A questão é que Durst é um multimilionário de Nova York com uma vida pregressa cheia de casos duvidosos. E o mais incrível de tudo é que ao assistir um filme baseado no desaparecimento de sua ex-esposa, em que ele é provavelmente o culpado, Durst procura o diretor Andrew Jarecki para dar a sua versão da história. O final dessa minissérie é simplesmente inacreditável.

7 - A Guerra do Vietnã (Netflix)

Divulgação

Dirigida por Ken Burns, um dos papas do documentário americano, e Lynn Novick, A Guerra do Vietnã impressiona em todos os sentidos. Em suas 17 horas divididas em 10 episódios, a dupla levou 10 anos para finalizar a obra filmada mais completa sobre o conflito. A minissérie conta desde a invasão da Indochina pelos franceses até o que conhecemos como a Guerra do Vietnã por meio de imagens impressionantes e aterradoras, áudios secretos dos presidentes John Kennedy, Lyndon Johnson, Richard Nixon e Gerald Ford, e depoimentos de soldados e comandantes de ambos os lados. Aqui você tem o ponto de vista dos americanos, dos vietnamitas e dos viet congs na mesma medida. É um verdadeiro documento histórico.