NOTÍCIAS
25/02/2019 19:09 -03

Em e-mail às escolas, MEC pede que direção filme alunos cantando Hino Nacional

Carta assinada pelo ministro faz saudação dos “novos tempos” do Brasil e celebra “educação responsável”.

NurPhoto via Getty Images
MEC pede que Hino Nacional seja executado em escolas.

O Ministério da Educação (MEC) enviou um e-mail às escolas públicas e particulares do País, nesta segunda-feira, pedindo que os alunos sejam filmados cantando o Hino Nacional. Anexo ao e-mail, está uma carta assinada pelo ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez. O MEC solicita que seja usado aparelho celular para gravar vídeos da execução do hino e da leitura da mensagem do ministro.

De acordo com o MEC, trata-se de um “cumprimento voluntário” e o pedido faz parte da política de incentivo à valorização dos símbolos nacionais.

Na carta enviada aos diretores das instituições, Rodríguez faz o convite à saudação dos “novos tempos” do Brasil e à celebração da “educação responsável”. 

Leia a carta na íntegra da mensagem do ministro

“Brasileiros! Vamos saudar o Brasil dos novos tempos e celebrar a educação responsável e de qualidade a ser desenvolvida na nossa escola pelos professores, em benefício de você, alunos, que constituem a nova geração. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos!”.

Para o diretor da Associação Brasileira de Escolas Particulares (Abepar), Arthur Fonseca Filho, “não há sentido pedagógico na ordem”.

″É uma surpresa receber esse tipo de pedido. O MEC não tem autoridade para isso. Não ficou claro se é um pedido ou uma ordem. Eu não posso gravar os meus alunos. É ilegal. Eles não explicaram o que vão fazer com os vídeos - e mesmo assim, continua sendo estranho”, explica em entrevista ao HuffPost Brasil.

“As escolas podem e devem refletir sobre o Hino Nacional, mas fica a cargo de cada um dos projetos pedagógicos definir a frequência e o formato disso”, finaliza Fonseca Filho.

Ainda no e-mail, o MEC solicita que professores, alunos e demais funcionários da escola fiquem perfilados diante da bandeira do Brasil no momento em que o hino for executado.

Os diretores que atenderem ao pedido devem enviar vídeos curtos da execução para os emails do Ministério. Não foi informado o que o MEC produzirá com o material audiovisual.