ENTRETENIMENTO
10/06/2019 09:21 -03

Masterchef: Difícil prova de Dia dos Namorados elimina um dos participantes mais queridos

Jantar romântico elaborado pelo chef Erick Jacquin força os concorrentes do reality ao limite.

Reprodução/Band
Temida prova da caixa misteriosa trouxe ingredientes regionais bem brasileiros.

ATENÇÃO: Se você ainda não viu o Masterchef exibido na noite deste domingo (9) e não quer estragar nenhuma surpresa sobre quem é o último eliminado do programa, não leia este texto agora. Volte apenas depois de assistir.

O clima na noite deste domingo (9) não foi nada romântico ao final de uma das provas de eliminação mais difíceis da história do Masterchef. O desafio proposto pelo chef Erick Jacquin foi um jantar romântico, com prato principal e sobremesa.

Os pratos escolhidos nem eram tão complexos, mas a quantidade de elementos e de preparações para completar a prova exigiu muito da capacidade dos participantes do reality culinário. Tanto que todos os jurados parabenizaram o grupo, independente do resultado.

Primeira prova

Antes da prova de eliminação, os participantes encararam mais um desafio de caixa misteriosa, que trouxe ingredientes bem brasileiros e regionais, como siri mole, taioba, tucupi, cavaquinha, sururu, tapioca, entre outros. 

Eram produtos bem interessantes, mas a pegadinha da prova era a quantidade de ingredientes. Eram muitos, e os jurados já estavam esperando que alguns dos participantes se enrolariam ao escolher ingredientes demais.

Foi o caso de André Boratto e Eduardo Richard, que exageraram na complexidade de seus pratos e erraram feio. Porém, mesmo que os dois tenham ficado entre os piores, nenhum prato foi tão ruim quanto o de Haila Santuá, que, ainda abalada com a eliminação de seu amigo Helton Oliveira, estava completamente perdida e falhou feio com um ceviche de caju.

Prova de eliminação

Fernando Consoni, Lorena Dayse e Rodrigo Massoni, que teve seu prato escolhido por Jacquin, Paola Carosella e Henrique Fogaça como o melhor da prova da caixa misteriosa, subiram ao mezanino e escaparam da eliminação.

Sorte para eles, porque a prova de eliminação inspirada no Dia dos Namorados foi uma das mais difíceis da história do Masterchef. Reproduzir um jantar romântico montado por Jacquin, com prato principal de sobremesa.

O prato principal era salmão para dois, com cozimento unilateral, acompanhado de aspargos, batatas e molho hollandaise. Já a sobremesa era um bolo recheado de frutas vermelhas e chantili, com uma crosta de praliné (caramelo com castanhas) e servido com creme inglês.

Nenhum dos pratos era muito complexo, mas o grande desafio era a organização para executar tantos preparos em apenas 2 horas de prova.

Pior ainda para André, Eduardo e Haila, que como os piores da prova anterior, iriam tomar penalizações de tempo de 5, 10 e 15 minutos. E a escolha ficou a cargo de Rodrigo, que deu 5 minutos a menos para André, 10 para Eduardo e 15 para Haila.

ATENÇÃO: Este é o último aviso para quem não quer saber ainda quem foi o eliminado deste episódio do Mastercher.

Todos sofreram com a dificuldade da prova, mas houve quem se destacou. Entre eles Weverton Barreto, Ecatherine Santos e Haila, que mesmo com 15 minutos a menos que o resto dos participantes para completar a prova, surpreendeu todo mundo e ficou entre os melhores. Mas quem venceu a prova foi Ecatherine.

Já entre os piores ficaram André, Eduardo e Janaina Caetano.

Eduardo foi liberado pelos jurados para subir ao mezanino e a decisão de quem seria o eliminado ficou entre André e Janaina.

No final, André, um dos participantes mais queridos do público, foi o escolhido. Nenhuma de seus preparações deu certo.

A despedida do santista criado em Brasília foi bem emocionante, com todos os jurados elogiando o seu jeito de ser, sempre alegre. “Era um sonho da minha vida estar aqui”, disse André, que completou: “Vou sentir muita falta daqui. Queria muito ganhar o programa, mas aprendi muito. Fiz um petit gateau que o chef Jacquin disse que ficou melhor que o dele! Isso já foi uma vitória é mais importante que o prêmio.”