MULHERES
17/10/2019 14:09 -03 | Atualizado 17/10/2019 14:12 -03

Marta ganha prêmio da Women’s Sports Foundation por 'derrubar as barreiras de gênero' no esporte

"Coragem foi uma das palavras que eu tive de aprender muito cedo", afirmou a jogadora brasileira ao receber o prêmio nesta semana.

A jogadora brasileira Marta, do Orlando Pride, recebeu em Nova York nesta quarta-feira (16) um prêmio pela sua atuação na luta pela igualdade de gênero no esporte.

O prêmio Wilma Rudolph Courage Award foi concedido pela instituição Women’s Sports Foundation e premiou Marta “por sua perseverança diante das adversidades, trabalho incansável para derrubar as barreiras de gênero no esporte, e pelo inspirador trabalho como Embaixadora da Boa Vontade da ONU para mulheres e meninas no esporte e como Defensora das Metas de Desenvolvimento Sustentável da ONU”.

Ian MacNicol via Getty Images
Marta durante partida em 5 de outubro de 2019, no Riverside Stadium, na Inglaterra. 

“Quero agradecer pela homenagem e parabenizar a Women’s Sports Foundation pelo lindo trabalho que vem realizando. Esse prêmio fala muito por si. Coragem foi uma das palavras que eu tive de aprender muito cedo, desde o primeiro momento em que eu escolhi fazer um esporte que para muitos era um esporte masculino”, afirmou Marta ao receber o prêmio.

A camisa 10 da seleção brasileira também foi homenageada pela norte-americana Megan Rapinoe. A vencedora do The Best, da Fifa, ganhou o prêmio Atleta Feminina do Ano na categoria esporte coletivo em 2019.

Theo Wargo via Getty Images
Marta recebe prêmio Wilma Rudolph Courage Award, concedido pela instituição Women’s Sports Foundation.

“A inspiração que você deu a todas nós, ter a carreira que você teve, é tão encorajador, é uma inspiração. Obrigada, Marta, por ser a melhor da história”, discursou Rapinoe.

A instituição promove a igualdade de gênero no esporte e anualmente realiza uma noite de gala para homenagear as atletas que se destacaram no ano dentro e fora das competições.