MULHERES
22/06/2019 15:27 -03

Marta estampa capa da Vogue e critica diferença salarial entre homens e mulheres em campo

“Imagina o quanto eu ganharia e quantos patrocínios teria se tivesse os mesmos títulos, mas fosse homem?", disse a maior artilheira da história das Copas.

Reprodução/ Instagram/ Vogue
A jogadora Marta na capa da Vogue Brasil no mês de julho

Às vésperas de mais um jogo decisivo para a seleção brasileira na Copa Feminina da França, a revista Vogue Brasil divulgou sua próxima capa, com a jogadora Marta

Em poucos trechos antecipados pelo perfil da revista no Instagram, a atacante, que aos 33 anos já foi eleita seis vezes a melhor jogadora do mundo e, na última semana, se tornou a maior artilheira da história das Copas, criticou a diferença salarial entre homens e mulheres no futebol.  

“Imagina o quanto eu ganharia e quantos patrocínios teria se tivesse os mesmos títulos, mas fosse homem?”, disse. “Essa diferença tem que acabar, estamos abrindo caminho para as gerações futuras.”

A bandeira tem sido levantada por Marta dentro e fora de campo. Nos últimos 2 jogos do Brasul, ela chamou a atenção por usar uma chuteira preta e sem qualquer patrocínio. O acessório trazia apenas o símbolo azul e rosa da campanha #GoEqual, da qual a atacante faz parte e que que visa jogar luz sob esta questão mundialmente.

A escolha da artilheira para a capa foi celebrada nas redes sociais de famosos e de fãs.

Clicada pelo fotógrafo Zee Nunes, em Orlando, onde joga pelo time Orlando Pride, Marta aparece poderosa num vestido preto - e com uma bola preta nos pés.