COMPORTAMENTO
19/11/2019 12:06 -03 | Atualizado 19/11/2019 12:31 -03

Marie Kondo, a 'fada' da organização, lança loja online com itens para casa

Parece que a fada da organização adotou uma nova estratégia para deixar a sua casa ainda mais limpinha.

Divulgação

Parece que a MarieKondo adotou uma nova estratégia para deixar a sua casa ainda mais limpinha. O negócio é simples: abra mão de tudo aquilo que não faz sentido para você, e reponha todos esses itens com compras realizadas em sua nova loja online.

Lançado na última segunda-feira (18), o e-commerce KonMari inclui desde ferramentas para limpezas de pedras energéticas (olá, quartzo rosa, a nova mania de autocuidado dos millennials) até pantufas quentinhas e confortáveis, mas que chegam a custar mais de U$ 200.

Na realidade, o site é uma curadoria de objetos de algumas marcas que seguem o estilo estético e funcional defendido pela musa da organização.

Em uma publicação no seu perfil no Instagram, Kondo afirmou que estava empolgada em apresentar a nova loja. De acordo com ela, a plataforma será uma curadoria de todos os seus objetos favoritos e que, é claro, despertam alegria.

“O objetivo de arrumar é abrir espaço para objetos, pessoas e experiências significativas em sua vida. Espero que a minha visão de uma vida alegre inspire a sua. Compre agora no konmari.com - mas não compre muito”, compartilhou.

Que a felicidade não tem um preço, isso todo mundo sabe. Mas no caso da KonMari, uma simples conversão (principalmente para os fãs brasileiros, que devem enfrentar o dólar na casa dos R$ 4,20) é suficiente para saber que os valores dos objetos-desejo de Kondo não cabem em qualquer orçamento.

O item mais barato da loja custa U$ 8 e é um suporte para apoiar os palitinhos japoneses. O mais caro, um pote para guardar ferramentas de cozinha, ultrapassa os U$ 270.

A sensibilidade da japonesa que defende o minimalismo conquistou muitos corações desde o lançamento de seus livros. Mas foi com a popular série da Netflix que Kondo ganhou o mundo.

Depois disso, a autora já escreveu livros infantis, lançou um programa de consultoria e certificações e, agora, é a mais nova empreendedora digital. 

Em entrevista à Fast Company, no entanto, Kondo disse que não está tentando promover o consumismo. Ela argumentou que a ideia da loja veio justamente após tantas pessoas perguntarem quais itens ela gostava de ter em casa.

“Ao longo dos anos, meus seguidores e leitores me procuraram para perguntar sobre os produtos que uso todos os dias que me despertam alegria. Foi quando eu tive a ideia da loja. Algumas das coisas que uso todos os dias são incensos, além de itens para rituais de banho e purificação doméstica”, defendeu.