ENTRETENIMENTO
08/04/2020 01:32 -03

"Dei um tiro no pé", disse Marcela aos ser eliminada do BBB

Médica admitiu que informação de fora da casa "contaminou" sua visão sobre o jogo.

Marcela McGowan não resistiu a seu primeiro Paredão e - com 49,76% dos votos do público - foi a 12ª eliminada do BBB 20. “As informações [da Casa de Vidro] foram uma benção por me dar segurança, mas ‘contaminaram’ minha visão do jogo”, desabafou a médica paulista ao sair da casa. 

A disputa contra Flayslane e Babu foi bem mais apertada do que o esperado. Não com relação ao ator, que levou apenas 1,06% dos votos, mas a diferença para Flay foi mínima, já que a cantora foi votada por 49,18% do público.

Assim que deixou o reality, Marcela escutou do apresentador Tiago Leifert que a atitude de “dois pesos e duas medidas” dela com relação às constantes falhas de Daniel, seu “namorado” dentro da casa, foram determinantes para sua eliminação. “Vocês eram muito implacáveis com o Babu e o Prior e muito lenientes com o Daniel.”

“Obviamente que quando você está envolvido com uma pessoa, você acaba tendo um olhar ‘contaminado’. O que eu via no Dan, diferente dos outros meninos, era um lugar de pureza. Tanto que quando ele teve uma atitude que a gente considerou machista, rolou uma discussão e eu fiz questão de ressaltar aquilo mesmo ele estando comigo, porque ele é a pessoa que eu teria o maior interesse que melhore. Mas, logicamente, eu não ia mandar ele para o Paredão porque ele perdeu estalecas”, respondeu Marcela.

Reprodução
Marcela conversa com o apresentador Tiago Leifert ao ser eliminada do Big Brother Brasil.

Já no bate-papo com a ex-BBB Ana Clara transmitido no Gshow, a médica voltou a ser questionada sobre seu relacionamento e disparou: “Sempre falei que fazer casal era uma péssima estratégia, fui lá e fiz.”

Só um detalhe, Daniel saiu da casa com retumbantes 80, 82% de rejeição. “O povo não gostou de mim, do meu jeito. Foi uma porcentagem de votos muito grande”, confessou o ator gaúcho quando saiu do Big Brother.

Sobre o voto que foi decisivo para ir com Babu para o Paredão, Marcela disse que não tinha outra opção, mas que agora, sabendo da força do ator com o público, se arrependeu. 

“Imaginei que ele [Babu] pudesse ser forte, mas tinha medo de ir com a Rafa. Quando olhei para as meninas, o coração falou forte. Agora, aqui fora, vi que ele é forte. Dentro da casa você não tem essa visão. Depois eu até falei que tinha dado um tiro no meu pé porque votei em alguém que tinha voltado de cinco paredões.”

Aliás, falando em Rafa, a médica deixou claro que ficou chateada com o voto que levou da influenciadora digital e que a enxerga como a maior jogadora da casa: “Fiquei triste com a justificativa que a Rafa deu quando votou em mim. Soou como se quisesse me comprometer no ‘ao vivo’. Nunca achei que tinha algum problema com ela. A Rafa foi inteligente. Pensou: ‘se o Dan saiu, talvez essa menina não seja tão forte’. Ela tem uma inteligência emocional muito forte.”

Outra questão levantada por Ana Clara foi o afastamento de Thelma, e que aquilo poderia ter atrapalhado a trajetória de Marcela no programa. “Tinha afinidade com a Thelminha, mas afinidade mesmo era com a Gi [Gizelly]. Tinha uma finidade inicial com a Thelminha por nossa identificação [ambas são médicas], mas minha conexão com a Gi e o Dan é muito maior.”

No final do bate-papo, Marcela acabou admitindo que as informações que recebeu de Daniel e Ivy ao entrarem no BBB vindos da Casa de Vidro foram, na verdade, sua maior ruína.

“No começo [do programa] eu pensava: será que estão me vendo como uma feminista chata? Mas quando eles [Daniel e Ivy] chegaram, me validaram. Aquilo me deu forças para ter minhas convicções. Me sentia muito inferior com aquelas meninas lindas, descoladas e famosas. Me senti mais confiante. Mas também foi muito ruim, porque eu não sabia ’ler’ mais nada e passei a não ter mais o direito de demonstrar fraqueza. Tinha que comprar aquela ideia”, concluiu.