LGBT
28/02/2020 15:12 -03 | Atualizado 28/02/2020 15:22 -03

A história de família por trás do ativismo LGBT de Marcela do BBB20

A médica direcionou seu trabalho também para pessoas trans após experiência com questões de gênero dentro da própria família.

Há um motivo especial para Marcela MC Gowan, confinada no BBB20, ser uma ativista das causas LGBT. Ela, que é bissexual, tem três irmãos - sendo um deles um homem trans. O empresário Enzo Lins, de 26 anos, cresceu com Marcela na cidade de Rancharia, no interior de São Paulo, e teve apoio fundamental da irmã médica na decisão pelo processo de transição.

Em entrevista ao Uol, Lins contou que desde a infância quis ser um menino, mas não entendia o que aquilo significava. Na adolescência, se tornou uma pessoa mais retraída - processo que culminou em um quadro de depressão.

A compreensão sobre o desconforto com o próprio corpo veio só depois que ele assistiu a um programa na TV que contava a história de um homem trans. 

Lins continuou fazendo pesquisas sobre o assunto e em 2012, aos 18 anos, decidiu escrever uma carta para a mãe que - mesmo sem ter muitas informações sobre questões de gênero - respeitou a decisão do filho, pedindo apenas para que ele começasse a fazer terapia. 

Ele passou cinco anos fazendo acompanhamento até que, com a ajuda da irmã médica, tomou a decisão de iniciar o processo de transição.

Ginecologista e obstetra, Marcela havia começado na época um curso de sexualidade na USP. “Ela me perguntou se eu era fazer a transição. Eu disse que sim. A partir daí marquei uma consulta com o professor dela, que é um psiquiatra especializado em pessoas trans”, contou Lins.

Com o apoio irrestrito da família, Lins começou o processo - que consiste em cirurgias e ingestão regular de hormônios. “O papel da Marcela foi muito importante. Ela me despertou de novo para viver, para ter coragem de fazer minha transição e ser feliz. Talvez se não tivesse falado nada eu demoraria não sei mais quantos anos. Foi crucial o papel dela”, destacou.  

Para ele, o apoio da irmã também gerou uma transformação na visão de mundo da médica.“Ela evoluiu como pessoa. (...) Marcela começou a ver que aquela sociedade em que ela vivia não condizia mais com o que ela acreditava. É uma mudança de vida. Precisa ter coragem para fazer isso. Quando eu tive essa coragem ela começou a pensar e conseguiu mudar de vida”, contou. 

Hoje, Enzo Lins mora na capital paulista, segue fazendo terapia e tomando hormônios. Na torcida para que a conquiste o prêmio de R$ 1,5 milhão do BBB, ele também ajuda a abastecer o site e o Instagram dela.