COMPORTAMENTO
15/04/2019 08:32 -03

Bagagem de mão? Como garantir que a sua realmente vá em cima

Fiscalização sobre tamanho da bagagem ficou mais rígida, mas você pode fazer alguns ajustes

Erlon Silva - TRI Digital via Getty Images

Uma ação da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) focada nos voos nacionais vai deixar a fiscalização sobre as dimensões da bagagem de mão ainda mais rígida no Brasil.

Desde a última quarta-feira (10), o órgão avisou que os passageiros vão passar por um setor de triagem nos aeroportos, que deve ficar antes do raio-x.

O objetivo é que uma caixa medidora sirva de exemplo para averiguar quais bagagens de mão estão dentro ou fora do padrão estipulado pela a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Se as malas não estiverem dentro das dimensões permitidas, o passageiro deverá voltar para o check-in para fazer o despacho da mala.

E você já imagina como isso pode trazer muita dor de cabeça, além de custar caro. Caso você esteja atrasado para um vôo, por exemplo, além de pagar a taxa estipulada pela companhia aérea, pode ainda se atrasar para o embarque.

Então, preste atenção.

Para quem deseja viajar em território nacional, as malas de mão devem ter até 55centímetros de altura, 35centímetros de largura e 25centímetros de profundidade – incluindo alça, bolsos e rodinhas.

Essa dimensões seguem os padrões da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês) e também há um peso máximo estabelecido: apenas 10 quilos de bagagem.

Mas se você não abre mão da praticidade de viajar apenas com um volume - e ainda quer economizar o dinheiro do despacho -, listamos 9 dicas para uma mala de mão eficiente que não vai te obrigar a ter que voltar para o check in.

Confira abaixo:

 

1. Escolha a mala certa

Esta deve ser a sua primeira preocupação, já que as dimensões são o principal argumento da companhia aérea para querer despachar a sua mala. Considere que aqueles bolsos extras e a capacidade de extensão - apesar da praticidade - podem ser seu calvário nesta hora. As rodinhas também entram na contagem. Então não hesite em investir em uma boa mala para a sua viagem, desde que ela se adeque aos padrões das companhias aéreas.

 

2. Saiba que você pode levar (só) um item pessoal

Além da mala de mão, você só pode levar mais um item pessoal, que as companhias geralmente consideram uma bolsa pequena, uma pasta de trabalho, uma bolsa de notebook. Atenção: uma sacola de compras de última hora no aeroporto é contada como mais um item, e pode atrapalhar seus planos de levar a mala de bordo na cabine.

 

Agora dicas para fazer tudo entrar na sua mala de bordo...

 

3. Use saquinhos de embalagens

Os sacos individuais comprimem suavemente suas roupas, mantêm sua mala organizada e ajudam a manter tudo no lugar. 

sasimoto via Getty Images

 

4. Compre versões em miniatura dos itens de higiene pessoal

Diga adeus às bolsas lotadas de cremes, desodorantes e xampus enormes. Vale comprar também aqueles kits de embalagens vazias para encher com seu produto favorito. E preste atenção: há uma limitação de capacidade para esses líquidos - 100 ml em voos internacionais e 300 ml em nacionais.

No Brasil também é proibido embarcar com objetos pontudos ou cortantes. 

 

5. Considere lavar suas roupas durante a viagem

Pode parecer loucura, mas em poucos minutos e com pouco dinheiro investido você terá sua mala original limpinha novamente. Assim, não é preciso levar 300 milhões de camisetas.

 

6. Faça a mala pensando em um “armário cápsula”

É fácil. Basta priorizar escolhas de peças que funcionem com combinações entre elas. Camisas e calças/ bermudas neutras ajudam muito nessa hora.

 

7. Questione se você realmente precisa levar tudo 

Westend61 via Getty Images

Depois de fazer uma primeira seleção, analise de novo, com calma, as escolhas. Você realmente vai usar essa blusa que você nunca usa em casa? Você precisa de 4 pares de sapatos? Essa roupa precisa de acessórios que não combinam com mais nada da mala? Não, sim, não, não.

 

8. Planeje as combinações de roupas e escolha uma paleta de cores

Assim você perde pouco tempo pensando em que roupa usar no meio das férias.

 

9. Faça rolinhos com a sua roupa

Vai ocupar menos espaço da sua bagagem, apesar de deixar o tecido um pouco mais amassado. Mas quem sabe você também não escolha levar as roupas que amassam menos? 

 

Boa viagem!