ENTRETENIMENTO
02/06/2020 15:18 -03

Elenco de 'Glee' diz que Lea Michele fazia dos bastidores da série um 'inferno'

“Lembra quando você fez da minha estreia na televisão um inferno?", disse Samantha Marie Ware.

Confirmando (mais uma vez) que Glee é a série mais amaldiçoada de todos os tempos, membros do elenco usaram as redes sociais para acusar a atriz Lea Michele, que interpretava a personagem Rachel Berry, de transformar o set de filmagens em um “verdadeiro inferno”.

Tudo começou quando Michele postou um tuíte em apoio ao movimento Black Lives Matter (vidas negras importam) para protestar contra o assassinato do segurança negro George Floyd por um grupo de policiais brancos na cidade de Mineápolis.

“George Floyd não merecia isso. Este não foi um incidente isolado e deve terminar. #BlackLivesMatter”, postou a atriz no sábado.

Até aí, nada que chamasse a atenção, pois Michele estava apoiando o movimento que clama pelo fim do racismo e da violência policial nos Estados Unidos.

Porém, o tuíte serviu de estopim para a revolta de seus ex-colegas de trabalho, que passaram a publicar nas redes sociais que uma das protagonistas da série vencedora do Emmy era uma hipócrita.

A atriz Samantha Marie Ware foi a primeira a rebater o tuíte de Michele, alegando que a estrela de Glee fez de seus dias no set de filmagem um “verdadeiro inferno”com suas “microagressões traumáticas”.

“Lembra quando você fez da minha estreia na televisão um inferno?!?! Porque eu nunca esquecerei”, escreveu Ware em letras maiúsculas. “Acredito que você tenha dito a todos que, se tivesse a oportunidade, cagaria na minha peruca!”, Entre outras microagressões traumáticas que me fizeram questionar minha carreira em Hollywood”, acrescentou.

Por 11 episódios, Ware apareceu como Jane Hayward, uma membro do clube New Directions Glee, que foi liderado pelo personagem de Michele durante a sexta e última temporada.

Ela não deu mais detalhes de suas acusações, mas sua resposta tocou outras estrelas convidadas e atores de Glee, que compartilharam seus próprios hostilizando Michele.

FOX via Getty Images
Samantha Marie Ware e Billy Lewis Jr. em um episódio de 2015 de "Glee".

“Garota, você não me deixou sentar à mesa com os outros membros do elenco porque ‘eu não pertencia a aquele lugar’”, tuitou nesta segunda (1), Dabier Snell, um ator negro que teve um pequeno papel em um episódio da quinta temporada da série, que terminou a postagem com um forte: “Lea, vá se f...!”

Roy Rochlin via Getty Images
Lea Michele em dezembro de 2019.

Amber Riley, que apareceu como Mercedes Jones desde o episódio piloto de Glee, entrou em cena compartilhando um par de GIFs reveladores.

Alex Newell, que migrou de uma participação no Projeto Glee para um papel na série durante sua terceira temporada, seguiu um caminho semelhante, publicando o meme Get her, Jade (pegue ela, Jade) do reality show RuPaul’s Drag Race.

 

Michele não respondeu imediatamente ao pedido de comentário ao HuffPost.

Os fãs do programa estão cientes de que as tensões aumentaram nos bastidores, especialmente entre Michele e a co-estrela Naya Rivera, que atuou como sua rival na tela, Santana Lopez.

Em seu livro de memórias de 2016 Sorry Not Sorry, Rivera insistiu que os rumores de sua rivalidade eram “desproporcionais”, mas ela deu algumas dicas sobre a dinâmica do set.

“Quando Santana passou de um personagem de segundo plano para outro com maiores tramas e mais tempo na tela. Acho que Rachel - quero dizer, Lea - não gostou de compartilhar os holofotes ”, escreveu Rivera. “Se eu reclamei de alguém ou algo, ela assumiu que eu estava reclamando dela. Logo, ela começou a me ignorar e, finalmente, chegou ao ponto em que ela não disse uma palavra para mim durante toda a sexta temporada”.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.