COMIDA
05/08/2019 02:00 -03

Lanches para crianças supostamente saudáveis são tão nocivos quanto doce – veja 7 alternativas

O alerta e as recomendações são do Serviço Nacional de Saúde britânico.

Especialistas avisam que alguns lanches vendidos para o público infantil e promovidos como sendo saudáveis são, na realidade, tão pouco saudáveis quanto doces.

Em um estudo novo, a Public Health England (PHE - agência do Departamento de Saúde do Reino Unido) afirmou que são necessárias medidas do poder público para combater alegações enganosas feitas sobre produtos alimentícios e também para reduzir a quantidade de açúcar consumida por crianças em alimentos comprados prontos.

Segundo a agência, alguns lanches descritos por seus fabricantes como “saudáveis” contêm teores muito altos de sal e açúcar. Isso está gerando confusão entre pais sobre o que comprar. Muitos acreditam nas frases enganosas do marketing dos produtos.

istetiana via Getty Images

No estudo, especialistas da PHE apontaram para exemplos de alimentos extremamente doces (feitos com frutose), mas promovidos como sendo saudáveis. Alguns dos rótulos diziam que os produtos continham “sete vitaminas e minerais vitais, incluindo ferro e cálcio”. Mas também tinham 29 gramas de açúcar para cada 100 gramas de peso.

Outro produto promovido como sendo o equivalente a “uma das cinco por dia” (uma das cinco porções diárias de verduras e frutas que o NHS, o Serviço Nacional de Saúde britânico, considera o mínimo diário necessário para todas as pessoas) continha 67,7 gramas de açúcar. No estudo, a PHE verificou que alguns dos níveis mais altos de açúcar foram verificados em produtos à base de frutas e verduras (47,5 gramas) e de lanches doces (17 gramas de açúcar para cada 100 gramas do produto).

Alison Tedstone, a nutricionista chefe da PHE, disse que o consumo de lanches prontos vem crescendo nos últimos anos entre bebês e crianças. “Aceitamos que as crianças façam lanches, e elas provavelmente precisam disso, mas achamos que deve ter limites”, ponderou. “Alguns lanches são basicamente doces, mas são promovidos como sendo 100% puros, e isso confunde os pais.”

Declan O’Brien, diretor geral da British Specialist Nutrition Association – que representa marcas como Danone Nutricia, Ella’s Kitchen, HiPP Organic, Kiddylicious, Nestle Nutrition e Organix – disse que as empresas que integram a associação apoiam plenamente as medidas que visam melhorar a saúde das crianças pequenas.

Segundo ele, as empresas vêm colaborando com a Public Health England para reformular o conteúdo de seus produtos, “reconhecendo que eles oferecem uma opção prática e útil para os pais darem a seus filhos como parte de uma dieta infantil balanceada”.

Caso você esteja tendo dificuldade em encontrar lanchinhos saudáveis para seus filhos, a campanha NHSChange4Life tem muitas sugestões a oferecer, entre elas:

Abacaxi em lata grelhado

LauriPatterson via Getty Images

Picolés de melancia

wmaster890 via Getty Images

Uma fatia de pão maltado

Shedu via Getty Images

Gelatina sem açúcar

bhofack2 via Getty Images

Legumes picados com húmus magro

jenifoto via Getty Images

Bolachinhas de arroz com queijo magro

LauriPatterson via Getty Images

Uma panqueca estilo escocês (ou americano)

vikif via Getty Images

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost UK e traduzido do inglês.