COMPORTAMENTO
15/06/2019 16:44 -03 | Atualizado 15/06/2019 16:50 -03

Kim Kardashian e a condição das pessoas que convivem com a psoríase

Ao anunciar linha de cosméticos que usa para disfarçar lesões no corpo, empresária traz à tona discussão sobre doença que atinge 5 milhões de brasileiros.

Reprodução/Instagram
Nova linha de produtos da empresária será lançada no site da marca KKW Beauty no próximo dia 21.

Por meio de sua conta no Instagram, Kim Kardashian anunciou nesta sexta-feira (14) que lançará uma nova linha de cosméticos que usa para cobrir lesões na pele provocadas pela psoríase. A doença crônica e autoimune ataca tecidos saudáveis do corpo, gerando vermelhidão, descamação e placas na pele.

“Estou tão animada para vocês experimentarem a minha nova coleção corporal da KKW Beauty. Ela consiste em três produtos diferentes (maquiagem corporal, um iluminador corporal líquido e um pó iluminador)”, descreveu.

Na publicação, Kim revelou que convive com a doença há mais de dez anos. “Eu me machuco facilmente e tenho veias [aparentes] e este tem sido o meu segredo por mais de uma década”, revelou a socialite. 

“Eu aprendi a conviver e não ficar insegura com minha psoríase, mas tem dias, quando eu quero apenas cobri-la, eu uso essa maquiagem corporal”, escreveu na legenda do post em que demonstra a aplicação do produto. 

Em fevereiro deste ano, a condição de Kim também foi assunto nas redes sociais. No Twitter, ela respondeu o perfil do jornal britânico Daily Mail Celebrity que havia compartilhado a notícia: “A magnata da maquiagem Kim Kardashian sofre dia ruim de pele antes do seminário de beleza da Master Class”.

″É psoríase em todo o meu rosto”, rebateu Kim. 

 

Antes desse episódio, em dezembro de 2018, a socialite desabafou sobre a necessidade de iniciar um tratamento da doença com medicamentos.

“Eu acho que chegou a hora de começar a tomar medicação para psoríase. Eu nunca tinha visto desse jeito antes e eu mal consigo cobrir a esse ponto. Tomou todo o meu corpo. Alguém tentou alguma medicação para psoríase e qual tipo funciona melhor? Preciso de ajuda o quanto antes!”, escreveu no Twitter.

Como tratar a psoríase

Vale ressaltar que o produto anunciado por Kim Kardashian apenas disfarça as lesões provocadas pela psoríase, sem oferecer tratamento adaquado.

Atualmente, cerca de 5 milhões de brasileiros convivem com a psoríase.

De acordo com o Consenso Brasileiro de Psoríase, a primeira opção de tratamento ao receber o diagnóstico é a fototerapia, procedimento em que o paciente recebe radiação ultravioleta nas lesões em pelo menos 20 sessões.

Dependendo da condição do paciente, há também tratamentos à base de remédios sintéticos, comprimidos e biológicos. Casos leves e pontuais podem ser tratados hidratantes, pomadas e cremes anti-inflamatórios.