Comportamento

Jogos Digitais: O que o mercado procura

Profissionais de diversos setores são requisitados pelo mercado.
Profissionais de diversos setores são requisitados pelo mercado.
Profissionais de diversos setores são requisitados pelo mercado.

Quem gosta de games e deseja atuar na área sai na frente ao priorizar o curso de Jogos Digitais para investir na carreira. Em um setor com ritmo de crescimento acelerado no País - mesmo em tempos de crise - e a perspectiva de ainda mais avanços para os próximos anos, dificilmente um estudante ou recém-formado fica sem trabalho. Até porque as necessidades são as mais variadas possíveis, indo desde o Bacharelado em Jogos Digitais a arquitetos, designers, músicos, roteiristas e gestores de negócios. Por isso, capacitação é a palavra-chave para o sucesso.

Se você ainda tem dúvidas sobre o potencial desse mercado, preste atenção: de acordo com o 2º Censo da Indústria Brasileira de Jogos Digitais, o Brasil viu o número de empresas desenvolvedoras de jogos quase triplicar em seis anos, saltando de 133 em 2013 para 375 em 2018. Além disso, os e-sports abocanham fãs de forma nunca vista antes, com ao menos 17,7 milhões de adeptos em 2018 e a estimativa de que esse número chegue a 21,2 milhões até o final deste ano. Ainda não se convenceu? Saiba que até as fronteiras estão sendo derrubadas.

Espaço no Brasil e no exterior

Pois é! Além do mercado interno, as empresas nacionais de games ganham a cada dia mais espaço no exterior. Uma prova disso é o projeto Brazil Games, fruto de uma parceria da Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Digitais (Abragames) com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Ele possibilita a presença brasileira nos eventos internacionais de games, abrindo novos mercados para a comercialização de jogos e até a premiação dos melhores.

Com a indústria fortalecida, o mercado interno se aquece, o crescimento se torna permanente e os empregos surgem. E haja trabalho, viu? Globalmente, o mercado de games já lucra mais que os segmentos de música e cinema. A ponto de diversos profissionais de outros setores serem requisitados, tamanha a demanda e a abrangência dos jogos e projetos desenvolvidos. Quem tem se dado bem são arquitetos, músicos, roteiristas e ilustradores, que participam de todas as etapas de criação, roteirização e finalização dos games.

Formação

Em um Bacharelado em Jogos Digitais, o futuro profissional aprende a lidar com captura de movimentos, computação gráfica, criação de personagens, edição de áudio e vídeo, gestão de projetos, inteligência artificial, interface, programação, processamento de imagens, roteiros para os jogos, técnicas de animação e muito mais. Um amplo pacote que o torna apto a trabalhar em projetos voltados a computadores, videogames, tablets, celulares e redes sociais, cada vez mais imprescindíveis em nosso dia a dia. Um robusto leque de diferenciais.

Serviço

De olho no que o mercado exige, o Centro Universitário Senac oferece o Bacharelado em Jogos Digitais, que dura quatro anos. O curso está disponível no campus Santo Amaro, em São Paulo, e tem infraestrutura moderna e antenada com a realidade, além de professores de ponta, que entendem as necessidades de cada aluno.

Nos laboratórios ultramodernos, pode-se construir um projeto completo de game, atendendo assim as necessidades de uma ponta a outra da cadeia logística. Um dos diferenciais do curso é a parceria firmada com a Apple para o desenvolvimento de produtos para iOS. Nada mal, não é mesmo? Sem dúvida, vida universitária é no Centro Universitário Senac.