6 jeitos fáceis de organizar sua cozinha para evitar o estresse

Dicas úteis para sua despensa, utensílios de cozinha desnecessários e outros conselhos de chefs profissionais.

Você pode estar fazendo uma receita nova, preparando vários pratos ao mesmo tempo ou pode simplesmente ter vontade de cozinhar em um ambiente sem estresse e não entulhado. Seja como for, é essencial organizar seu espaço.

Agora, como estamos passando mais tempo na cozinha (assando pão, cuidando de fermentos naturais, preparando refeições completas que ocupam uma panela só), essa é a hora certa de fazer seu espaço na cozinha funcionar bem para você, adequando-o às suas necessidades.

Conversamos com alguns chefs de cozinha profissionais, que estão habituados a dividir espaços de trabalho compactos com outras pessoas, e pedimos que compartilhassem dicas de organização que eles utilizam em casa, em suas próprias cozinhas.

1. Guarde sobras de comida em recipientes fechados, em lugares onde você vai vê-las facilmente

Cozinhar quantidades maiores de cada vez poupa tempo e reduz a louça a ser lavada, mas é importante não se esquecer das sobras, para comê-las antes de estragarem. “Sobras devem ser armazenadas em recipientes adequados e ficar visíveis na geladeira, para não serem esquecidas”, disse ao HuffPost a chef Palak Patel, do Instituto de Educação Culinária. Ela recomenda recipientes de vidro com tampas herméticas, os melhores para deixar sobras cozidas mais frescas. “Deixe uma prateleira inteira ou meia prateleira para alimentos cozidos, e a outra metade para ingredientes crus ou já picados e preparados.”

2. Use um quadro branco para tomar nota do que há em sua geladeira e seu freezer

Congelar caldos, molhos e pratos preparados em casa para usá-los numa data futura pode lhe poupar tempo e reduzir o desperdício de comida. Você precisa de um sistema de organização para ficar a par do que realmente tem guardado no congelador.

“Tenha um sistema para guardar os vegetais congelados em um lugar, bebidas alcoólicas em outro e caldos, molhos ou pratos prontos congelados em outro espaço, com as datas em que foram colocadas no freezer escritas sobre os saquinhos”, recomendou Patel. “Se o freezer estiver cheio, mantenha uma listinha do que está guardado nele, com as datas.” Ela própria usa um quadro branco para anotar o que há em sua geladeira e seu freezer e poder identificar facilmente o que precisa ser comido primeiro, além dos itens que precisam ser repostos.

3. Guarde os ingredientes que você usa com frequência ao alcance da mão e livre-se dos que você não utiliza

Se você ainda não fez uma revisão de sua despensa seguindo as recomendações de Marie Kondo, agora é hora de fazê-lo. “Livre-se de coisas que você não precisa ― ervas de uma receita que você preparou cinco anos atrás e que não usou mais desde então, alimentos vencidos que você não teve coragem de jogar fora. Jogue tudo no lixo!”, aconselhou Uyen Kirshenbaum, chef de pastelaria e fundadora da Kirsh Baking Company. “O simples fato de dar uma geral em seus armários de cozinha e organizar seus ingredientes já vai te fazer mais eficiente. Coloque na primeira fileira os ingredientes que você usa mais frequentemente e os que vão vencer antes.”

Guarde os ingredientes que você usa com menos frequência nas prateleiras mais altas ou no fundo das prateleiras.
Guarde os ingredientes que você usa com menos frequência nas prateleiras mais altas ou no fundo das prateleiras.

É tentador manter óleo de cozinha e outros ingredientes usados com mais frequência ao lado do fogão, para facilitar o acesso, mas o calor pode prejudicar a qualidade e o tempo de vida desses produtos. “Eu guardo condimentos, azeite e outros ingredientes delicados em um lugar fresco e seco, mais longe do fogão”, falou Patel.

4. Organize os ingredientes da despensa com base em como você os utiliza

Além de manter temperos e óleos de cozinha em um local de fácil acesso, é útil guardar os ingredientes usados em pães e bolos separadamente dos ingredientes usados para preparar comida salgada, e a subdivisão pode ser ainda mais detalhada, com base no tipo de culinária. Patel guarda os ingredientes que usa em pães e bolos em um lugar, as especiarias indianas em outro, pimentas secas em outro e nozes e castanhas em ainda outro. “Separar os ingredientes segundo o tipo de culinária me ajuda a reunir os ingredientes para cada receita sem perder tempo”, ela explicou.

Além de agrupar ingredientes semelhantes juntos, Patel utiliza pequenos vidros com tampa que mantêm tudo uniforme. Como eles podem ser empilhados, também lhe permitem otimizar o espaço no armário. “Além disso, adoro etiquetas e faço muito uso delas”, ela contou.

Vidros fechados e etiquetados que podem ser empilhados um em cima do outro poupam espaço em sua despensa.
Vidros fechados e etiquetados que podem ser empilhados um em cima do outro poupam espaço em sua despensa.

5. Defina um lugar certo para cada coisa em sua cozinha

Quando tudo em sua cozinha ocupa um lugar próprio – de condimentos e óleos de cozinha a facas e espátulas ―, o trabalho de preparar os alimentos, cozinhar e deixar tudo arrumado depois fica bem mais fácil.

“Se você tem que tentar lembrar onde está esse ou aquele utensílio, então sua cozinha não está bem organizada. Você não deveria sequer precisar olhar – deveria poder simplesmente pegar o que precisa, ciente de que vai estar ali em seu lugar certo, limpo e pronto para ser usado”, disse ao HuffPost a proprietária do The Dumpling Lady (um quiosque de alimentação de Charlotte, Carolina do Norte), Qian Zhang. “Desde que todo o mundo que usa a cozinha tome o mesmo cuidado, as coisas devem funcionar sem percalços.”

Ao mesmo tempo que você encontra um lugar perfeito para cada objeto em sua cozinha, pense se não é o caso de abrir mão de engenhocas que ocupam muito espaço e têm poucas utilidades. Kirshenbaum destacou que coisas como abridores de lata elétricos, prensadores de alho e cortadores de ovos ocupam espaço e levam mais tempo para ser usados e lavados. “Invista em uma faca favorita que dê conta do recado”, ela aconselhou. Mas é claro que, se você usar esses utensílios com frequência ou precisar deles por outro motivo, você deve guardá-los e encontrar um lugar apropriado para eles.

Imagine uma gaveta tão arrumada quanto esta. A sua também pode ser assim – basta se livrar daquele fatiador de avocado e outras engenhocas desnecessárias.
Imagine uma gaveta tão arrumada quanto esta. A sua também pode ser assim – basta se livrar daquele fatiador de avocado e outras engenhocas desnecessárias.

Se, depois de livrar-se dos utensílios supérfluos, você ainda tiver dificuldade em fechar a gaveta de utensílios, guarde-os em potes abertos sobre o balcão da cozinha. “Potes são uma ótima pedida”, disse Greg Rales, proprietário e padeiro da Red Gate Bakery. “Eu tenho alguns. Procuro organizar os utensílios ou por material (borracha, madeira ou metal) ou por função (geralmente separo os que uso para cozinhar dos que utilizo no preparo de pães e semelhantes).”

“Procure organizar as coisas com base em sua função”, ele recomendou. “É fácil separar as coisas por critérios estéticos (também faço isso), mas, quanto mais você cozinha, mais você percebe quais utensílios usa com mais frequência. Otimize o tempo passado na cozinha separando seus utensílios com base nos que você usa com mais frequência e na finalidade deles.”

6. Na hora de cozinhar ou de fazer um pão ou bolo, só há três palavrinhas a guardar em mente: mise en place

Essa frase francesa pode ser traduzida como “cada coisa em seu devido lugar”. A mise en place é o processo de preparar os ingredientes de uma receita antes de começar a cozinhar. Pense nos programas de culinária na televisão, em que o chef sempre tem todos os vegetais lavados, picados e prontinhos em tigelinhas de vidro.

“Fazer a mise en place antes de preparar uma receita é super útil e poupa tempo”, disse Rales. “Pique os ingredientes, pese o que for preciso e deixe tudo prontinho antes de começar a cozinhar, e o preparo do prato será tremendamente mais fácil.”

Quando você prepara e mede tudo com calma antes de ligar o fogão ou o forno, não será preciso se apressar para encontrar um ingrediente. Você vai poder prestar toda atenção ao que está fazendo. Isso garante menos erros na cozinha e propicia um ambiente mais zen na hora de preparar a refeição.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.