ENTRETENIMENTO
05/06/2019 14:46 -03 | Atualizado 05/06/2019 14:52 -03

Festival In-Edit Brasil exibe em SP mais de 50 documentários musicais

Entre os destaques da mostra estão filmes inéditos sobre Alceu Valença, Joan Jett, Miles Davis e New Order.

Divulgação
Exceto no Cinesesc, todas as outras salas têm ingresso gratuito com retirada 1 hora antes do início das sessões.

Evento que surgiu em 2002 na cidade de Barcelona, na Espanha, o festival de documentários musicais In-Edit chega à 11ª edição brasileira. Marcado para acontecer de 12 a 23 de junho em São Paulo, a mostra exibe este ano 57 filmes nacionais e internacionais, fazendo um panorama da efervescente produção desse tipo de documentário no mundo.

Na lista de títulos brasileiros, destaque para filmes que retratam grandes personagens ou cenas da música nacional, como Alceu Valença - Na embolada do Tempo, de Paola Vieira; Amigo Arrigo, de Alain Fresnot e Junior Carone; Antes Que me Esqueçam, Meu Nome é Edy Star, de Fernando Moraes; O Rap pelo Rap 2, de Pedro Fávero; e Sound System - A Voz da Quebrada, de Fernando Augusto.

Já na seleção internacional estão 21 filmes de diversos países, sendo a maioria produções inéditas no Brasil e sem previsão de estreia no circuito comercial.

Figuras como Joan Jett, Miles Davis, New Order, Ryuichi Sakamoto, Elvis Presley, Agnostic Front, Suede, Miquel Serra, Von MLO, Milford Graves, Boy Bands (The Beatles, Backstreet Boys, Take That), além do selos discográficos Trojan e Blue Note, referências do reggae e do jazz, a meca da disco music Studio 54 estão os temas das produções. 


Outro destaque fica para as sessões especiais. Uma delas faz o lançamento da série História Secreta do Pop Brasileiro, de André Barcinski. Será feita a exibição dos 8 capítulos da série, divididos em dois blocos de 96 minutos. A produção reúne entrevistas com Mister Sam, Gretchen Dudu França, Raul Gil, entre outros. Depois da sessão haverá um debate com a presença do diretor e convidados, além de um show do grupo Sunday.

A banda Nação Zumbi faz também uma sessão exclusiva para o festival do documentário Rádio S.Amb.A.Doc, de André Almeida, seguida de show.

Além da programação de filmes, o In-Edit Brasil traz uma série de espetáculos musicais e a já tradicional Feira de Vinil na Cinemateca Brasileira. Entre as apresentações, artistas como Pin Ups, Sunday, Mani Padme Trio, Banda de Pífanos de Caruaru, Miquel Serra (Espanha) e Arrigo Barnabé.

As sessões do festival acontecem nas salas Cinesesc, Spcine Olido, Spcine Lima Barreto (Centro Cultural São Paulo), Cinemateca Brasileira e Cine Matilha (na Matilha Cultural). As atividades paralelas incluem outros espaços, como Sala Olido, Sala Adoniran Barbosa (Centro Cultural São Paulo), Cine Joia, Blue Note São Paulo e Z Largo da Batata.

Exceto no Cinesesc (R$ 12 inteira, R$ 6 meia e R$ 3,50 comerciário), todas as outras salas têm ingresso gratuito com retirada 1 hora antes do início das sessões.

Veja a programação completa no site do In-Edit Brasil