COMIDA
04/04/2019 07:39 -03

O ingrediente secreto que faz este burger vegano ter gosto idêntico ao de carne

"Impossible Burger" tem aparência, sabor e textura igual ao de um hambúrguer bovino. Como isso é possível?

O “Impossible Burger” (ou “hambúrguer impossível”, em tradução livre) está fazendo sucesso nos Estados Unidos por ser vegano e, mesmo assim, ser parecidíssimo com um hambúrguer de carne, tanto no gosto quanto na aparência (ele é vermelho por dentro e até “sangra”). 

Nesta semana, o hambúrguer veggie ganhou notoriedade após restaurantes começarem a disponibilizá-lo em seus menus. O Burger King dos EUA anunciou que vai lançar o “Impossible Whopper”, novo lanche que é “0% beef, mas continua sendo 100% Whopper”. 

Divulgação

A empresa por trás deste “boom” é a Impossible Foods, que criou o burger veggie com base na proteína de trigo, óleo de coco, proteína de batata e heme. E é exatamente este último ingrediente que está intrigando muita gente.

Segundo Pat Brown, CEO and Founder, Impossible Foods, é este composto que dá o sabor tão parecido com a carne de verdade. 

“O Impossible Burger é feito de ingredientes vegetais que qualquer pessoa já utiliza na cozinha e come com segurança há anos: proteínas vindas da batata, do trigo e da soja, além do óleo de coco. Ele também é uma combinação de nutrientes ― vitaminas, aminoácidos, açúcares, ferro e minerais ― que são encontrados em qualquer outra comida saudável”, explicou Brown em um post no site Medium em março de 2018.

“Mesmo assim, muitas pessoas questionam como o Impossible Burger pode ser tão parecido com os burgers de carne bovina”, acrescenta. 

Divulgação

Segundo o CEO, a empresa descobriu que uma única molécula ― o heme ― é primariamente responsável por gerar um sabor inconfundível de carne cozida ― mesmo não sendo carne. 

Heme é um importante composto presente em cada célula animal e vegetal. O grupo heme, em uma proteína chamada hemoglobina, dá ao nosso sangue a habilidade de transportar o oxigênio por todo o corpo. “Na verdade, seu próprio fluxo sanguíneo contém tanto heme quanto centenas de quilos de Impossible burgers”, disse. 

Em músculo de mamíferos, o composto dá à carne crua seu sabor e aspecto “sangrento”. E a liberação de heme durante o cozimento catalisa a explosão de sabores e aromas que fazem com que os hambúrgueres ― ou qualquer tipo de carne ― tenham um sabor original de carne.

A Impossible Food descobriu que um certo composto vegetal contém heme também: o leg-hemoglobina. A empresa extrai heme das plantas e multiplica o composto utilizando técnicas de fermentação. Embora eles possam ter extraído o heme diretamente das plantas, o uso desse processo de fermentação economiza águas e gases do efeito estufa. 

“O Impossible Burger usa 75% menos água, gera 87% menos gases causadores do efeito estufa, requer 95% menos terras e salva 100% das vacas”, disse Brown.

Nosso hambúrguer tem a mesma quantidade de proteína e ferro do que um hambúrguer de carne bovina, com um diferencial: nossa proteína vem inteiramente das plantas.

É claro que a empresa utilizou mais do que o composto heme para tornar seu hambúrguer apetitoso. Ela também usou procedimentos para identificar os perfis de sabores e textura da carne real, além de adicionar sabores extras. 

Divulgação