MULHERES
08/03/2019 20:23 -03 | Atualizado 08/03/2019 20:27 -03

20 imagens de 8 de março marcam o protesto das mulheres por direitos e justiça

Atos políticos reuniram manifestantes em São Paulo e no Rio de Janeiro.

O Dia Internacional da Mulher foi marcado por atos de mulheres em São Paulo e no Rio de Janeiro.

As manifestações, que aconteceram nas zonas centrais das cidades, reuniram multidões que exigiram mais respeito, igualdade de oportunidades e salários e protestaram contra feminicídio e violência contra a mulher. 

Os atos também foram palco de críticas ao governo de Jair Bolsonaro, em uma retomada ao movimento #EleNão, organizado durante a campanha eleitoral no ano passado.

A bandeira da manifestação, segundo Sônia Coelho, integrante da Marcha Mundial das Mulheres, foi a luta contra a reforma da Previdência, em pauta neste governo. “A reforma não reconhece a desigualdade entre homens e mulheres”, criticou. 

No Rio de Janeiro, manifestantes fizeram um cordão para proteger mães que levaram seus filhos ao ato. A polícia não estimou quantas pessoas participaram das manifestações.

Veja abaixo algumas fotos que marcaram a resistência e luta das mulheres para mais direitos iguais e menos violência contra mulheres:

  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
    Em São Paulo, manifestantes fecharam uma pista da Avenida Paulista. O protesto foi organizado por coletivos feministas e por centrais sindicais.
  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
    O protesto reuniu centenas de manifestantes de diversas idades. 
  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
    Manifestantes pediram justiça pela morte de Marielle Franco, vereadora do PSOL morta no Rio de Janeiro em fevereiro do ano passado.
  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
    Meninas também participaram da manifestação na Avenida Paulista. Elas seguraram cartaz que diz: "vocês verão com quantas fraquejadas se faz uma revolução", em referência à frase do presidente Jair Bolsonaro, ao dizer que ele teve uma filha menina após uma "fraquejada". 
  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
    Faixas, cartazes e gritos criticaram a reforma da Previdência e pediram igualdade de gênero.
  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
    Mulheres também protestaram pelo fim dos feminicídios. Segundo a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), em menos de dois meses, ao menos 126 mulheres foram mortas no Brasil. 
  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
    Aos gritos, elas ainda criticaram a reforma da Previdência, proposta no governo Bolsonaro.
  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
  • NELSON ALMEIDA via Getty Images
  • Sergio Moraes / Reuters
    No Rio de Janeiro, a manifestação reuniu centenas de mulheres no Centro da cidade. Com faixas e cartazes, as mulheres pediam respeito aos direitos e justiça para Marielle.
  • Sergio Moraes / Reuters
    Ainda no Rio, manifestantes fizeram um cordão humano pra proteger mulheres com crianças pequenas e de colo.
  • Sergio Moraes / Reuters
    \
  • Sergio Moraes / Reuters
  • Sergio Moraes / Reuters
    Além da pauta política, manifestantes pediam o fim da violência contra as mulheres e direito ao planejamento de parto. 
  • Sergio Moraes / Reuters
  • Sergio Moraes / Reuters
  • Sergio Moraes / Reuters
  • Sergio Moraes / Reuters