ENTRETENIMENTO
13/07/2020 15:24 -03

Idosos recriam capas de discos famosos para curar o tédio do isolamento social

Casa de repouso na Inglaterra tem ideia genial para manter a saúde mental de seus residentes durante a pandemia.

É fácil ficar entediado durante a quarentena imposta pela pandemia do coronavírus. Mas a equipe de um lar de idosos do Reino Unido encontrou uma maneira genial de passar o tempo: recriar capas de álbuns clássicos.

Tim Frost trabalhava no Sydmar Lodge Care Home, no norte de Londres. Sua avó mora lá, e ele compartilhou sua “capa de disco” no Twitter no sábado (11). Vera, 93 anos, fez uma recriação perfeita do álbum 21, de Adele:

O gerente de entretenimento da casa de repouso da minha avó decidiu recriar capas de discos famosos com alguns moradores. Esta é a minha vovó.

A ideia é uma ideia de Robert Speker, coordenador de atividades da casa. Speker costuma usar a cultura pop ou as notícias para encontrar atividades para os moradores, disse Frost ao HuffPost Canada.

Quando Frost e sua família viram pela primeira vez a foto de Adele na página do Facebook da clínica, eles acharam que ela estava linda. Mas mais do que qualquer outra coisa, ele ficou surpreso ao vê-la parecer tão séria, disse ele.

“Geralmente, ela tem um sorriso grande e atrevido. Minha avó tem um senso de humor peculiar.”

Além de Adele, alguns dos outros álbuns representados incluem o disco homônimo de Elvis Presley, Aladdin Sane, de David Bowie; Bad, de Michael Jackson; True Blue, de Madonna; 1989, de Taylor Swift; Enema of the State, do Blink-182; e o clássico punk London Calling, do The Clash.

Que ótimo gosto musical! Veja aqui algumas das capas:

Tim Frost / Twitter
Tim Frost / Twitter
Tim Frost / Twitter
Tim Frost / Twitter
Tim Frost / Twitter
Tim Frost / Twitter
Tim Frost / Twitter


E a equipe da casa de repouso também entrou na brincadeira, usando uma iluminação dramática para imitar o Queen.

Tim Frost / Twitter


O centro de atendimento para idosos permanece fechado para os visitantes, disse Frost, e foi fechado antes do resto do país. Ele e sua família puderam conversar com sua avó, Vera, por telefone e tiveram uma conversa por vídeo no aniversário dela, graças a uma pequena ajuda técnica dos membros da equipe.

Os idosos enfrentam momentos difíceis durante a pandemia. A covid-19 devastou muitas casas de repouso, particularmente no Canadá. E as restrições fizeram com que muitos idosos não pudessem receber visitas de suas famílias por meses.

Frost disse que está feliz por sua avó estar ocupada.

“A saúde mental precisa ser cuidada, e viver uma vida sedentária não é bom para o cérebro”, disse ele. “Estar em uma casa de repouso não é apenas uma questão de saúde física.”

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost Canadá e traduzido do inglês.