LGBT
18/11/2019 23:31 -03 | Atualizado 19/11/2019 14:59 -03

Ouça o segundo episódio do podcast do HuffPost com o Festival Mix Brasil

Intitulado 'Ninguém vai parar a representatividade', o 2º episódio do "HuffPost Mix Brasil" conversa com Rafael Gomes e Luca Scarpelli.

HuffPost/Montagem/Getty Images
Segundo episódio do HuffPost Mix Brasil fala sobre produções culturais LGBT e representatividade: quando teremos mais LGBTs sendo representados como merecem?

Quantos personagens lésbicas, gays, bissexuais, trans e quem sabe até drag queens você conhece porque foram representados com frequência e de forma humanizada e sem estigmas no cinema, na televisão, no teatro e séries de TV? 

No segundo episódio do podcast “HuffPost Mix Brasil”, a editora sênior do HuffPost Brasil, Andréa Martinelli, conversa com o diretor do longa Música Para Morrer de Amor, Rafael Gomes, e com Luca Scarpelli, publicitário, ator e dono do canal “Transdiário” no YouTube, que atuou no longa Eu, Um Outro, de Silvia Godinho, sobre cinema, censura nos tempos atuais e como o crescimento da representatividade LGBT em produções culturais é um caminho sem volta.

Ouça o segundo episódio:

 

Todos os episódios serão distribuídos nas plataformas de streaming Spotify, Deezer, Apple Podcasts e Google Podcasts. Siga o perfil do HuffPost Mix Brasil para acompanhar os capítulos dessa conversa sobre cultura e diversidade.

Na primeira conversa, Vanessa Bruno e Paulo Salvetti, propositores do VULCÃO [criação e pesquisa cênica], contam como foi levar Orlando, livro publicado em 1928 por Virginia Woolf, para um espetáculo teatral.

Em breve, no terceiro episódio, a multiartista Jup do Bairro e a videomaker Mayara Efe falam sobre feminismo, negritude, cultura e também sobre como Corpo sem Juízo, single de Jup, e o documentário Beat é Protesto, de Mayara, sobre mulheres no funk, dialogam entre si ao falar sobre liberdade.

Ouça o primeiro episódio aqui:

 

Sobre o Festival Mix Brasil

Com o tema “Persistir”, o Festival Mix Brasil, maior evento cultural dedicado à diversidade da América Latina e um dos maiores do mundo, chega à sua 27ª edição. O evento que acontece de 13 a 20 de novembro em São Paulo traz 110 filmes nacionais e internacionais de 26 países, além de atrações que envolvem teatro, música e literatura. Tudo com Entrada Gratuita.

O evento, que é uma realização da Associação Cultural Mix Brasil e Ministério da Cidadania, conta com a iniciativa da Lei de Incentivo à Cultura, o patrocínio do Itaú, Spcine e Secretaria Municipal de Cultura, apoio cultural de SESC SP E Biblioteca Mario de Andrade; apoio institucional do Itaú Cultural, Dot Cine, Ctav, Mistika e promoção do Canal Brasil.

Clique aqui e veja a programação completa no site do festival.