12/05/2019 06:00 -03 | Atualizado 12/05/2019 06:00 -03

Histórias de Quem Faz o McDonald's: Sheilla Azevedo, a mãe

Aos 6 anos, seus pais se separaram. Aos 12, ela perdeu o pai, com quem vivia. Dois anos depois, uma decisão mudou sua vida.

Arquivo Pessoal
Sheilla Azevedo (à esquerda, segurando flores) no início de sua carreira no McDonald's no final dos anos 90.

A pequena Sheilla tinha 6 anos quando seus pais se separaram. Sua mãe não quis a guarda, e ela foi criada pelo pai. “Foi uma fase muito complicada, porque a menina, em especial, se espelha na mãe.” Aos 12 anos, ela perdeu o pai, vítima de um AVC. “Naquele momento, eu falei: e agora?”, recorda.

Aos 14 anos, uma decisão da então adolescente iria mudar a vida de Sheilla para sempre. Um amigo de sua escola que trabalhava no McDonald’s  contou a ela que havia uma vaga aberta na unidade em que era funcionário.

“Preenchi a solicitação de emprego, acho que tinha uns 30 candidatos naquele dia. Chegou a figura do gerente... A pergunta que ele me fez foi: ‘você quer trabalhar ou você precisa trabalhar’? E eu falei para ele: ‘eu preciso’”, descreve.

Assim começou a trajetória de Sheilla Azevedo, hoje com 38 anos e 23 de McDonald’s.

Assista ao vídeo para conhecer como a jovem funcionária se transformou na mãe de 250 funcionários e do pequeno Enzo: