Comportamento

45 destinos de viagem para fãs de Harry Potter

Os entusiastas do mundo do bruxinho vão querer conhecer estas atrações, locais de filmagem e lugares frequentados pela criadora de Harry Potter, J.K. Rowling.

Seria impossível exagerar a influência de “Harry Potter”. A série de livros e suas adaptações para o cinema inspiraram desde a decoração de escolas até nomes de bebês e destinos de viagens.

Muitos Potterheads – os fãs de Harry Potter – fazem verdadeiras romarias a lugares importantes na criação dos livros e filmes, sem falar nas experiências temáticas inspiradas pelo Wizarding World.

Preparamos uma lista de lugares que os fãs de “Harry Potter” vão querer conhecer. Desça com o cursor para ver 45 destinos mágicos – desde atrações criadas especialmente para os fãs até os locais onde foram filmadas algumas das cenas, passando pelos lugares onde J.K. Rowling criou seus personagens amados.

The Wizarding World of Harry Potter
Scott Legato via Getty Images
O parque temático The Wizarding World of Harry Potter é um lugar óbvio que os fãs de Harry Potter não podem deixar de conhecer. Há parques do bruxinho em Orlando, em Los Angeles e no Japão. Os visitantes podem se deliciar com as comidas citadas nos livros, curtir brinquedos diversos, assistir a shows de mágica e muito mais.
Tour do estúdio da Warner Bros em Londres
Gareth Cattermole via Getty Images
Os fãs de Harry que estiverem em Londres vão querer fazer o Warner Bros. Studio Tour London — The Making of Harry Potter, em Leavesden, perto de Londres. A experiência inclui uma visita aos bastidores dos filmes e a chance de experimentar algumas das delícias vistas nos filmes, como a cerveja amanteigada Butterbeer e o sorvete de Butterbeer. O Warner Bros. Studio Tour, mais geral, em Hollywood, também inclui alguns artigos e experiências de Harry Potter.
Estação King’s Cross, em Londres
Peter Macdiarmid via Getty Images
Na estação ferroviária de King’s Cross, em Londres, há uma área especial para os loucos por Harry Potter se fotografarem atravessando a barreira da plataforma 9 ¾. Há também uma lojinha de presentes temáticos que vende artigos mágicos.
The Elephant House
AFP Contributor via Getty Images
J.K. Rowling escreveu a série dos livros em vários lugares, mas possivelmente o mais famoso seja o café The Elephant House, em Edimburgo, na Escócia.
12 Picket Post Close
MARTYN HAYHOW via Getty Images
A casa no número 12, Picket Post Close, em Martins Heron, subúrbio da cidade de Bracknell, na Inglaterra, foi usada nas filmagens de Harry Potter para ser a residência dos Dursley, no endereço 4 Privet Drive.
Castelo de Alnwick
Jeff Greenberg via Getty Images
Erguido no século 11, o castelo de Alnwick fica no condado inglês de Northumberland. Foi usado como o cenário de Hogwarts em vários filmes.
Biblioteca Bodleian, em Oxford
Apexphotos via Getty Images
Várias áreas da Universidade Oxford aparecem nos filmes, incluindo a Divinity School (Escola de Teologia) da Biblioteca Bodleian, que virou a enfermaria de Hogwarts. Outro lugar que faz parte da Biblioteca Bodleian, Duke Humfrey’s Library, fez as vezes da biblioteca da escola Hogwarts nos filmes.
New College
Hanneke Luijting via Getty Images
Os claustros da New College, em Oxford, foram outro pano de fundo de momentos dos filmes, como a cena em que Draco Malfoy é transformado em furão.
Christ Church
Steve Parsons - PA Images via Getty Images
O refeitório da Christ Church, uma faculdade de Oxford, inspirou o visual do Grande Salão de Hogwarts.
House of MinaLima
Sam Mellish via Getty Images
Os designers gráficos Eduardo Lima e Mira Mina trabalharam nos oito filmes “Harry Potter”. Os fãs da série podem conhecer suas criações para o Wizarding World na loja House of MinaLima, em Londres.
Harry Potter e a Criança Amaldiçoada
DANIEL LEAL-OLIVAS via Getty Images
A peça em duas partes “Harry Potter and the Cursed Child” (Harry Potter e a Criança Amaldiçoada) está em cartaz no Palace Theatre, em Londres, no Lyric Theatre, em Nova York, e no Princess Theatre, em Melbourne.
Catedral de Durham
Angelo Hornak via Getty Images
A Catedral de Durham, no nordeste da Inglaterra, foi outro lugar que serviu de local de filmagem das cenas em Hogwarts, nos dois primeiros filmes.
Viaduto Glenfinnan
Science & Society Picture Library via Getty Images
Apelidado de “a ponte de Harry Potter”, o viaduto Glenfinnan, nas Highlands da Escócia, fez parte da rota seguida pelo Expresso de Hogwarts. O carro Ford Anglia de Arthur Weasley sobrevoou o viaduto, em cena que ficou famosa. O trem a vapor dos jacobitas passa regularmente sobre o viaduto, criando uma cena muito potteriana. O passeio no trem a vapor também é uma opção muito popular.
Millennium Bridge, a Ponte do Milênio
Prisma by Dukas via Getty Images
No filme “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, a Ponte do Milênio, em Londres, é vítima de um ataque de Comensais da Morte.
Abadia de Lacock
Epics via Getty Images
O vilarejo medieval de Lacock é visto em muitos filmes e programas de TV. Nos filmes da série “Harry Potter”, várias cenas de Hogwarts foram filmadas na Abadia de Lacock. Quem for a Lacock também pode conhecer o esconderijo de Horácio Slughorn e a casa de Lily e James Potter.
Hardwick Hall
UniversalImagesGroup via Getty Images
A mansão Hardwick Hall, em Derbyshire, Inglaterra, foi usada nas filmagens de cenas externas (e também algumas internas) da Mansão dos Malfoy.
Steall Falls
The 500 Photo Library / 500px via Getty Images
A cachoeira de Steall Falls, perto de Fort William, nas Highlands escocesas, serve de pano de fundo da primeira tarefa do Torneio Tribruxo no quarto filme da série, além de vários momentos de partidas de quadribol.
Hotel The Balmoral, em Edimburgo
ullstein bild via Getty Images
Rowland terminou de escrever “Harry Potter e as Relíquias da Morte” no The Balmoral, um hotel de luxo em Edimburgo. O quarto onde a autora se hospedou ganhou um nome novo desde então, “J.K. Rowling Suite”, e os fãs que quiserem podem desembolsar mais de 1.000 libras (R$5.100) para se hospedar ali.
Zoológico de Londres
Anthony Devlin - PA Images via Getty Images
O famoso momento com uma serpente no primeiro filme Harry Potter foi filmado na casa dos répteis do Zoo de Londres.
Estação ferroviária de Goathland, norte da Inglaterra
Photofusion via Getty Images
A estação de trens de Goathland, em North Yorkshire, Inglaterra, fez o papel da parada do Expresso de Hogwarts em Hogsmeade no primeiro filme da série “Harry Potter”.
Piccadilly Circus, Londres
Ross Durant Photography via Getty Images
Em “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1”, os três personagens principais aparatam para a praça Piccadilly Circus, em Londres.
Black Medicine Coffee Co., Edimburgo
AFP Contributor via Getty Images
Uma placa na fachada do café Black Medicine Coffee Co, em Edimburgo, informa que J.K. Rowling “escreveu alguns dos primeiros capítulos de Harry Potter nas salas do primeiro andar deste imóvel”. De fato, o andar acima do café foi no passado o Nicholson’s Cafe, onde Rowling às vezes ia para escrever.
The Cauldron
The Cauldron
The Cauldron é um “pub mágico” em Nova York que oferece uma “experiência de poções” para visitantes que queiram preparar seus próprios coquetéis especiais.
Loch Shiel, Escócia
DEA / M. BORCHI via Getty Images
Loch (Lago) Shiel, perto de Fort Williams, nas Highlands escocesas, é o pano de fundo de muitos momentos em Hogwarts.
Greyfriars Kirkyard, Edimburgo
Christopher Furlong via Getty Images
Situado a pouca distância a pé do The Elephant House, o cemitério de Greyfriars Kirkyard, em Edimburgo, teria inspirado alguns dos nomes dos personagens de J.K. Rowling. O exemplo mais famoso é o túmulo de Thomas Riddell.
Colégio Harrow
Education Images via Getty Images
A célebre cena do feitiço “Wingardium Leviosa”, no primeiro filme, foi rodada na sala da Quarta Série do colégio particular Harrow, na região de Londres.
Malham Cove, Inglaterra
Print Collector via Getty Images
Harry e Hermione acampam sobre as pedras de calcário da formação rochosa de Malham Cove, em North Yorkshire, em “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1”.
Leadenhall Market
View Pictures via Getty Images
No primeiro filme, Harry e Hagrid passam pelo mercado Leadenhall Market, em Londres, para chegar a Diagon Alley.
Czocha Castle
Kacper Pempel / Reuters
O Castelo de Czocha, na Polônia, virou um destino procurado por fãs de “Harry Potter” que querem participar do evento de role-play ao vivo “College of Wizardry”.
Freshwater West, País de Gales
Peter Barritt / robertharding via Getty Images
Aquela cena de partir o coração com Dobby na praia no sétimo filme da série foi rodada em Freshwater West, Pembrokeshire, no País de Gales.
The Lockhart
Chris So via Getty Images
The Lockhart é um bar de Toronto que evidentemente tirou alguma inspiração do universo de “Harry Potter”. Há uma filial em Montreal.
Loch Eilt
Nukorn Plainpan via Getty Images
Loch Eilt (Lago Eilt), nas Highlands escocesas, é o pano de fundo de uma cena no terceiro filme em que Hagrid entra na água, deprimido, depois de tomar conhecimento da sentença de morte proferida contra Bicuço. A ilhota, Eilean na Moine, foi usada como o local do túmulo de Dumbledore no sétimo filme.
Australia House
Ryan Pierse via Getty Images
Australia House (sede da missão diplomática da Austrália no Reino Unido) é um lugar que os fãs de “Harry Potter” talvez reconheçam como o interior de Gringotes, o Banco dos Bruxos, no primeiro filme.
Wynotts Wands
Wynotts Wands
A loja de varinhas mágicas Wynotts Wands, em Salem, Massachusetts, é mais uma experiência inspirada em “Harry Potter” que os fãs podem curtir nos Estados Unidos.
Catedral de Gloucester, Inglaterra
Graham Barclay via Getty Images
Os claustros da Catedral de Gloucester aparecem nos dois primeiros filmes “Harry Potter” em diversas cenas de Hogwarts (como a chegada dos alunos dos primeiros anos na sala comum de Grifinória pela primeira vez e a descoberta da mensagem sinistra dizendo que “a Câmara dos Segredos foi aberta”), e também, mais rapidamente, no sexto filme.
Torneio Mundial de Quadribol
EMMANUEL DUNAND via Getty Images
A Copa Mundial IQA, conhecida informalmente como a Copa do Mundo de Quadribol, acontece a cada dois anos em uma cidade diferente. O torneio de 2018 aconteceu em Florença, Itália, e o de 2020 terá lugar em Richmond, Virgínia (EUA). Os fãs podem acompanhar a Copa Americana de Quadribol todos os anos.
Victoria Street, Edimburgo
Jeff J Mitchell via Getty Images
Muitas pessoas acreditam que a Victoria Street, em Edimburgo, e a vizinha Candlemaker Row, podem ter sido a inspiração de Diagon Alley.
Torren Lochan, Escócia
Westend61 via Getty Images
Outro local nas Highlands usada nas filmagens de “Harry Potter” foi Torren Lochan (lochan é um pequeno lago), em Clachaig Gully, em Glen Coe. A produção construiu uma réplica da casinha de Hagrid para filmar cenas do terceiro filme.
Georgian House Hotel, Londres
Georgian House Hotel
O Georgian House Hotel, em Londres, tem quartos ditos “Câmaras de Bruxo”, inspiradas em “Harry Potter”, onde os fãs da série podem passar a noite.
Penhascos Seven Sisters
Jeff Overs via Getty Images
Os penhascos conhecidos como Seven Sisters ficam de frente para o Canal da Mancha, em East Sussex, Inglaterra. Nós os vemos no quarto filme quando Harry e a turma viajam através da Chave do Portal para participar da Copa Mundial de Quadribol.
LeakyCon
LeakyCon
O LeakyCon é “a maior convenção extra-oficial para fãs de Harry Potter e do Wizarding World de J.K. Rowling”. As próximas duas edições do evento vão acontecer em Boston e Orlando.
St Pancras Renaissance Hotel, Londres
DavidCallan via Getty Images
Harry e Roni sobrevoaram as torres do St Pancras Renaissance Hotel no carro encantado Ford Anglia no segundo filme da série.
Cliffs of Moher
Sophon Chuesai via Getty Images
A cena intensa na caverna com um Horcrux, no sexto filme, foi rodada nos famosos Penhascos de Moher, na Irlanda.
Harry Potter: The Exhibition
LAURIE DIEFFEMBACQ via Getty Images
Harry Potter: The Exhibition é uma exposição itinerante de acessórios, figurinos e outros objetos da série de filmes. Ainda não foi anunciada qual será a próxima escala de sua volta ao mundo.
Impressão das mãos de J.K. Rowling
Jeff J Mitchell via Getty Images
A impressão das mãos de Rowling foi imortalizada na rua Royal Mile, diante da sede da câmara Municipal de Edimburgo, a Edinburgh City Chambers.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.