7 hábitos dos amigos de toda a vida

Veja como as pessoas que são amigas há muito tempo mantêm a amizade forte, ano após ano.

As amizades para toda a vida são raras, e isso é parte do que as torna tão especiais.

Geralmente não temos o mesmo grupo de amigos ao longo da vida inteira. Mudamos para lugares diferentes, mudamos como pessoas e nos distanciamos. Às vezes uma pessoa amplia seus horizontes mais que sua amiga, e isso é perfeitamente normal. Mas as amizades que duram décadas são coisas a ser valorizadas e prezadas.

Então o que é que os amigos de toda a vida fazem de diferente que conserva seus vínculos tão fortes ao longo do tempo? Investigamos e resumimos em 7 dicas.

1. Eles estão do seu lado nas horas em que você mais precisa

Quando você é amigo de uma pessoa há muitos anos, é inevitável que vocês se acompanhem ao longo de algumas das maiores provações da vida: a morte de entes queridos, os rompimentos, divórcios, demissões e problemas de saúde. Aquelas pessoas que só são suas amigas nas horas boas, no momento da diversão, mas não na horas de sofrimento, podem se afastar quando as coisas se complicam. Mas os amigos para toda a vida sabem que podem contar uns com os outros diante de qualquer coisa, sempre prontos para ouvir, para lhe dar um ombro no qual chorar ou simplesmente para desviar sua atenção de um coração partido, por exemplo.

<i>Voc&ecirc; pode confiar nos seus amigos para toda a vida para estarem do seu lado quando voc&ecirc; realmente precisa deles.</i>
Você pode confiar nos seus amigos para toda a vida para estarem do seu lado quando você realmente precisa deles.

“Quando ficamos ao lado dos nossos amigos nesses momentos, isso fortalece o vínculo”, disse a psicóloga e especialista em amizade Marisa G. Franco, falando ao HuffPost. “As pessoas sentem quanto seus amigos os amam de fato quando veem que os amigos estão do seu lado nas horas de necessidade.”

2. Eles traçam planos para os momentos de transição e continuam a manter contato com seus amigos quando esses momentos acontecem

Os amigos para toda a vida se esforçam para encontrar maneiras de continuar presentes na vida uns dos outros, mesmo quando suas circunstâncias de vida mudam – por exemplo, quando um dos amigos se muda para o outro lado do país, quando uma das amigas tem um filho, uma carreira nova ou um relacionamento romântico.

“Eles se organizam para visitar seu amigo antes de ele se mudar para outra cidade. Passam tempo com seus amigos discretamente, em pessoa ou virtualmente, enquanto o amigo está cuidando de seu filho pequeno. Ou programam saídas regulares com suas amigas, para que o novo parceiro romântico não expulse a amiga de sua vida”, disse Rhaina Cohenm, que cobre comportamento humano como produtora do podcast Hidden Brain, da NPR.

“Quando ficamos ao lado dos nossos amigos nesses momentos, isso fortalece nosso vínculo”

- Marisa G. Franco, piscóloga e especialista em amizade

É claro que planejamento algum tornará essas transições indolores; sempre haverá dificuldades ao longo do caminho. O que faz a diferença é a disposição das pessoas de se adaptar e fazer um esforço para conservar a amizade.

“Se vocês já deixaram claro uma para a outra que acham que vão conseguir superar os desafios criados pela transição, terão criado uma maneira de articular o que sentem e fazer ajustes”, disse Cohen.

3. Eles se lembram das coisas grandes e pequenas que acontecem na vida dos amigos

Amigos podem te parabenizar por mensagem de texto em seu aniversário, mas seus melhores amigos farão mais que isso. Por exemplo, eles nunca se esquecem de você no aniversário da morte de sua mãe. Suas amigas para toda a vida lhe mandam flores ou sua sobremesa favorita. E elas se lembram de perguntar sobre coisas que você talvez só tenha mencionado de passagem, como por exemplo uma entrevista de trabalho futura ou uma consulta médica que estava te deixando ansiosa.

“Lembrar-se dos grandes amigos deveria ser mais um lembrar-se das coisas não tão óbvias”, comentou Kurt Smith, terapeuta especializado em atender homens. “Por exemplo, lembrar que a mãe do seu amigo está fazendo quimioterapia, que sua filha está prestando vestibular ou que ele está reformando sua cozinha.”

4. Eles conseguem discutir problemas na amizade com franqueza e maturidade

<i>Quando aparecem problemas, amigos para toda a vida se disp&otilde;em a super&aacute;-los juntos.</i>
Quando aparecem problemas, amigos para toda a vida se dispõem a superá-los juntos.

Pessoas que não são tão amigas assim talvez varram suas frustrações ou mágoas debaixo do tapete, com medo de encarar esses problemas de frente e torcendo para que simplesmente desapareçam. Mas os amigos para toda a vida encaram de frente quaisquer problemas que possam surgir. Eles confiam que a amizade conseguirá superar quaisquer conversas incômodas e sabem que ter essas conversas vai apenas fortalecer seu vínculo, e não destruí-lo.

“Pesquisas revelam que quando temos problemas com amigos e esses problemas passam muito tempo sem solução, tendemos a nos distanciar dos amigos”, disse Franco. “Outros estudos mostram que a comunicação aberta e empática em torno de conflitos fortalece os relacionamentos. Tratar dos problemas é uma maneira de honrar essa amizade, e os amigos para toda a vida sabem como fazer isso de maneira que não envolva culpa, mas, em vez disso, envolva trabalhar juntos para sanar os problemas.”

5. Eles são vulneráveis um com o outro

Diferentemente das amizades casuais, que geralmente apenas arranham a superfície, os amigos para toda a vida sabem que podem baixar a guarda quando estão juntos. Podem falar de seus medos, suas falhas, seus erros e inseguranças, sabendo que não serão julgados nem rejeitados.

“Os amigos para toda a vida contam um ao outro o que está realmente dando errado”, disse Franco. “A força de um relacionamento é revelada pelo grau em que nós nos dispomos a expressar nosso eu mais profundo nela. Essa disposição de se expor transmite confiança e reforça o relacionamento.”

6. Eles arrumam tempo para papos rápidos e também para encontros mais longos

<i>Passar tempo de alta qualidade juntos na vida real &eacute; essencial, mesmo que isso aconte&ccedil;a apenas uma vez por ano no caso dos amigos que moram longe.</i>
Passar tempo de alta qualidade juntos na vida real é essencial, mesmo que isso aconteça apenas uma vez por ano no caso dos amigos que moram longe.

Para conservar as amizades duradouras de sua vida, Cohen diz que procura sempre reservar tempo para papos rápidos e também encontros mais extensos.

“Para mim, trocar mensagens de voz ou combinar uma ligação mensal regular garante que minha amiga e eu fiquemos a par da vida uma da outra”, ela disse. “Como temos esses papos mais rápidos, não precisamos passar os encontros mais longos ‘recuperando o atraso’, ou seja, relatando tudo que aconteceu na vida uma da outra. Podemos fazer o relacionamento avançar.”

Esses papinhos regulares conservam a amizade em dia. Mas sem encontros mais longos (em que, idealmente, vocês podem passar um ou mais juntas) também, será difícil ter aquelas conversas inesperadas que realmente levam uma amizade para o patamar seguinte. Os amigos para toda a vida sabem que passar esse tempo longo juntos pode ser uma coisa que reforça a amizade, por isso priorizam esse tempo, sempre que possível.

“As amizades se fortalecem quando temos a oportunidade de passar mais que uma ou duas horas juntos – mesmo que isso aconteça apenas uma vez por ano, mais ou menos, no caso de minhas amigas melhores que vivem longe”, disse Cohen. “Uma boa desculpa para passar quase um dia juntas é uma caminhada longa, ou férias juntas, ou visitas.”

7. Mas também perdoam um ao outro se tiverem que passar tempo sem se falarem

Em um mundo ideal, mantemos contato regular com nossos amigos. Mas às vezes a vida não o permite. Os amigos para toda a vida entendem essa realidade e procuram não levá-la pessoalmente. Com o tempo, eles voltam a se encontrar e retomam a amizade do ponto onde pararam.

“Parte de ser um amigo para toda a vida é reconhecer que seu relacionamento tem valor, independentemente da frequência com que vocês se encontram ou falam”, disse Smith. “Ter consciência de que seu amigo tem outras coisas acontecendo em sua vida, incluindo outras amizades, e não se ofender quando vocês não se falam todos os dias, é uma dádiva real que pode ajudar amizades a durarem por toda uma vida.”

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.