COMIDA
22/07/2019 03:00 -03 | Atualizado 22/07/2019 08:24 -03

Gordura nas pernas é ‘mais saudável que na barriga’

Se pelo menos desse pra gente decidir onde vai parar aquela pizza...

Malte Mueller via Getty Images

A gordura na barriga é pior para a saúde que a que se acumula nas pernas, sugere um novo estudo – mas ainda não inventaram uma máquina capaz de mudar o formato do seu corpo.

Pesquisadores descobriram que mulheres cujo corpo tem formato de “maçã” correm mais risco de problemas cardíacos e vasculares que aquelas com formato de “pera”. (Observação: se não conseguimos convencer os médicos a usar frutas para descrever o formato do corpo das mulheres, que esperança teremos no resto da sociedade?)

Já é sabido que a gordura acumulada ao redor dos órgãos do abdome aumentam o risco de problemas metabólicos, tais como controle dos níveis de açúcar no sangue e colesterol alto – que podem acarretar doenças cardíacas. Mas o novo estudo é o primeiro a levar em conta a distribuição da gordura pelo corpo dessa maneira.

As mulheres no quartil superior em termos de mais gordura na barriga apresentavam quase o dobro do risco de problemas cardíacos e derrames, em comparação com os 25% das mulheres com menor quantidade de gordura naquela região.

Em contraste, as mulheres do quartil superior em termos de gordura nas pernas tinham risco 40% menor de problemas cardíacos, em comparação com aquelas com menor proporção de gordura acumulada nas pernas.

Acredita-se que dieta e exercícios tenham impacto no formato do corpo, mas os pesquisadores afirmaram que não existe um “estilo de vida” capaz de fazer a gordura passar de uma parte do corpo para outra. A genética também tem papel decisivo.

O envelhecimento é outro fator fora do nosso controle; quando as mulheres chegam na menopausa, o corpo e o metabolismo mudam, explicaram os pesquisadores. Às vezes isso significa um acúmulo maior de gordura ao redor dos órgãos e não sob a pele.

O estudo, liderado por Qibin Qi, professor associado do Albert Einstein College of Medicine, de Nova York, foi realizado com mulheres de índice de massa corporal saudável – portanto, esteja você tecnicamente “acima do peso” ou não, se a tendência é acumular gordura na barriga, é um problema (aparentemente).

“Não se sabe se existe algum exercício ou dieta em particular capaz de realocar a gordura”, disse Qi à BBC. “Nosso grupo está trabalhando nessa questão e espero ter uma resposta cedo.”

Enquanto isso, Qi afirmou que uma dieta saudável é a melhor maneira de garantir a boa saúde do coração no futuro.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost UK e traduzido do inglês.