NOTÍCIAS
17/01/2019 10:04 -02

Gisele responde à ministra da Agricultura: Maus brasileiros são os que desmatam

“Desculpe, Gisele Bündchen, você deveria ser nossa embaixadora e dizer que seu País preserva, está na vanguarda do mundo na preservação, e não meter o pau no Brasil sem conhecimento de causa”, disse a ministra Tereza Cristina.

Reuters

Em carta endereçada à ministra Tereza Cristina, da Agricultura, a modelo Gisele Bündchen disse que lhe causou estranheza ver seu nome “mencionado de forma negativa por defender e se manifestar em favor do meio ambiente”. Ela afirmou que, desde 2006, se envolve com a defesa do meio ambiente, com muita responsabilidade. No texto pontuou que os recursos naturais são finitos.

À Rádio Jovem Pan, a ministra disse que a modelo fazia críticas em conhecimento de causa. “Desculpe, Gisele Bündchen, você deveria ser nossa embaixadora e dizer que seu País preserva, está na vanguarda do mundo na preservação, e não meter o pau no Brasil sem conhecimento de causa”, afirmou.

Antes disse que “é um absurdo o que fazem hoje com a imagem do Brasil. Infelizmente são maus brasileiros. Por algum motivo vão lá fora levar uma imagem do Brasil e do setor produtivo que não é verdadeiro”.

Na carta, a modelo rebate e afirma que “maus brasileiros” são os desmatam.

“A Senhora mencionou a grande quantidade de áreas protegidas no Brasil. Lamento, no entanto, ver notícias, como a do final do ano de 2018, com dados do Governo Federal divulgados amplamente na imprensa, que o desmatamento na Amazônia havia crescido mais de 13%, o que representava a pior marca em 10 anos. Um patrimônio inestimável ameaçado pelo desmatamento ilegal e a grilagem de terras públicas. Estes sim são os ‘maus brasileiros’”, diz trecho da íntegra da carta.

Repercussão ‘infeliz’

Após a resposta de Gisele, ao Estadão, a ministra afirmou que foi “infeliz” a repercussão da entrevista. “Em hipótese alguma  é uma má brasileira, mas sim um orgulho para nosso País, ainda mais se dedicando a pautas tão nobre quanto o bem estar de nosso planeta. Espero que esse seja o início de uma longa conversa para a construção de uma agenda que traga desenvolvimento sustentável para nossa população”, disse.

No Twitter, a ministra agradeceu a carta.

No fim do texto enviado à ministra, Gisele diz que torce pela gestão dela à frente da pasta para que “possam ser celebradas ações concretas que resultem em um Brasil mais sustentável, justo e próspero”. “Ficarei muito feliz em poder divulgar ações positivas que forem tomadas neste sentido”, finaliza.